Canadá flexibiliza entrada para estudantes e familiares de canadenses

|


Emerson Souza
Todos os viajantes deverão cumprir a quarentena de 14 dias ao entrar no país
Todos os viajantes deverão cumprir a quarentena de 14 dias ao entrar no país
Embora as restrições nas fronteiras permaneçam em vigor pelo menos até 21 de outubro, o governo do Canadá flexibilizou a entrada de determinados viajantes, como familiares de cidadãos canadenses e residentes permanentes (incluindo aqueles que estão em relacionamento exclusivo de pelo menos um ano e seus dependentes), estudantes estrangeiros em intercâmbio e cidadãos de outras nacionalidades que precisam entrar no país em circunstâncias específicas, como doenças com risco de vida, ferimentos graves ou morte (despedida de parentes ou funerais).

As pessoas que chegarem ao Canadá ainda deverão ficar em quarentena por 14 dias, exceto aqueles que receberem uma isenção específica. Além disso, todo visitante precisará solicitar e receber autorização oficial antes de viajar ao país. Para os demais viajantes, o governo canadense continua aplicando as restrições de viagem que estão em vigor desde março deste ano.

"As restrições de viagem que estabelecemos para proteger a saúde e segurança dos canadenses permanecem em vigor e devemos continuar sendo disciplinados e atentos em nossa resposta à pandemia. As atualizações atendem às necessidades das famílias canadenses que foram separadas de seus entes queridos por fronteiras internacionais, algumas das quais estão enfrentando o período mais difícil de suas vidas. Os canadenses e qualquer pessoa que pretenda viajar para o Canadá devem seguir os requisitos de quarentena e as diretrizes de saúde pública para ajudar a controlar a disseminação da covid-19", disse o ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá, Marco Mendicino.

As informações sobre elegibilidade e processo de entrada no país estarão disponíveis no site da Agência de Saúde Pública do Canadá a partir de 8 de outubro. Além da quarentena obrigatória e da autorização de entrada, todos os viajantes deverão realizar um exame de covid-19 antes de embarcarem em seu voo e fornecer informações específicas após a entrada no país. Qualquer estrangeiro que apresentar sinais ou sintomas de covid-19 não terá permissão para entrar no Canadá.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA