Espanha exigirá teste PCR negativo de turistas internacionais

|

Divulgação
A partir do dia 23 de novembro, para entrar na Espanha, turistas internacionais de países de risco precisarão apresentar um teste PCR para covid-19 negativo feito nas últimas 72 horas prévias a chegada ao país.

Com a nova medida, o formulário de Controle Sanitário que todo passageiro deve preencher antes de sua entrada no país, virá com a pergunta sobre se dispõe de um PCR negativo realizado nas 72 horas previas a chegada na Espanha. Em qualquer momento poderá ser solicitado o resultado da prova ao passageiro. O documento deverá ser original, no idioma espanhol ou inglês e também poderá ser apresentado em formato eletrônico.

Para a designação das áreas ou países de risco aos que se exigirá a realização da PCR, no caso de países da União Europeia e associados a Shengen, se tomará como referência os critérios contemplados na Recomendação EU 2020/1475. Enquanto aos países terceiros, a referência básica será a incidência básica acumulada por 100 mil habitantes em 14 dias, em base a informação facilitada pelo Centro Europeu para a Prevenção e o Controle de Doenças (ECDC).

As agências de viagens, operadoras turísticas e companhias aéreas ou marítimas deverão informar aos passageiros da obrigatoriedade de dispor de uma PCR com resultado negativo para poder viajar.

Para mais informações, acesse www.spth.gob.es.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA