Baixada Santista recebe maior parcela de verba da Setur-SP em 2021

|

Divulgação
Em Caraguatatuba, a infraestrutura do Morro do Camaroeiro está sendo feita com recursos do Estado
Em Caraguatatuba, a infraestrutura do Morro do Camaroeiro está sendo feita com recursos do Estado
O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, repassou R$ 27,4 milhões para 50 cidades — Municípios de Interesse Turístico (MITs) e estâncias – no início de 2021.

A Baixada Santista foi a principal beneficiada, com R$ 14 milhões — Santos recebeu R$ 10,8 milhões. Em seguida, vem as regiões de São José dos Campos, com R$ 4 milhões; Região Metropolitana de São Paulo, R$ 2 milhões; Campinas, R$ 1,3 milhão; Marília, R$ 1,2 milhão; Sorocaba, R$ 1,1 milhão; Registro, R$ 962 mil; São José do Rio Preto, R$ 852 mil; Franca, R$ 808 mil; Bauru, R$ 385 mil; Central (Araraquara/São Carlos), R$ 170 mil; Ribeirão Preto, R$ 157 mil; e Presidente Prudente, R$ 80 mil.

Assim como em 2020, os repasses de janeiro e fevereiro foram para as obras que estão em andamento. A intenção é que possam ser concluídas, colaborando para a melhoria da qualidade do produto turístico local, além de colaborar para a manutenção de empregos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA