Reino Unido mantém Brasil em lista vermelha e ignora vacinação no País

|


Divulgação
Londres
Londres
O Reino Unido atualizou os países que constam das listas verde e vermelha para entrada de visitantes. Na lista verde, é preciso um teste negativo e o certificado de vacinação. Na vermelha, mesmo vacinado, o viajante precisa fazer quarentena, comprando um pacote que inclui hospedagem e testes. O Brasil foi mantido na lista vermelha, com o programa de vacinação sequer reconhecido pelo Reino Unido. Se um viajante americano foi vacinado no Brasil, por exemplo, não poderá entrar no país, pois o Reino Unido não inclui o Brasil entre os programas de vacinação reconhecidos. Se foi vacinado nos Estados Unidos, terá de provar que mora em uma cidade americana.

Confira todas as regras aqui para países liberados:
https://www.gov.uk/guidance/countries-with-approved-covid-19-vaccination-programmes-and-proof-of-vaccination?utm_medium=email&utm_campaign=govuk-notifications&utm_source=e7540e4c-e46e-4e67-973b-aace2cb6b88c&utm_content=immediately

E aqui para os países proibidos:
https://www.gov.uk/guidance/red-list-of-countries-and-territories?utm_medium=email&utm_campaign=govuk-notifications&utm_source=f962a6a2-2aef-4687-890e-e6acf527fea4&utm_content=immediately

Há uma expectativa da indústria do Turismo para um relaxamento das regras ainda em outubro, tirando países como Brasil, Indonésia, África do Sul e México da lista vermelha que requer quarentena. Também haverá flexibilização em relação aos testes exigidos, permitindo a entrada com os mais simples e baratos. A lista vermelha hoje com 54 países deve cair, nesse novo corte em outubro, para nove.

Leia a matéria da Travel Weekly do Reino Unido.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA