South Africa Tourism confirma dois eventos presenciais para 2022

|

Divulgação
O Meetings Africa acontece em fevereiro e março, enquanto o Africa's Travel Indaba será em maio
O Meetings Africa acontece em fevereiro e março, enquanto o Africa's Travel Indaba será em maio
Após o cancelamento de dois eventos de Turismo por conta da pandemia de covid-19, o South African Tourism confirma que em 2022 serão realizados presencialmente o Meetings Africa e o Africa’s Travel Indaba. As feiras, sendo a primeira de Mice e a segunda voltada ao lazer, ocorrerão de forma presencial, com a inclusão de elementos on-line.

Enquanto o Meetings Africa será realizado de 28 de fevereiro a 2 de março no Sandton Convention Centre, em Joanesburgo, o Africa’s Travel Indaba acontecerá de 2 a 5 de maio no Inkosi Albert Luthuli International Convention Centre, em Durban. Os dois eventos terão a possibilidade de participação virtual, ainda que de forma limitada.

O retorno dessas duas feiras visa promover tanto a capacidade do país de receber grandes eventos de negócios, quanto suas atrações turísticas. Além disso, a realização dos dois eventos tem como objetivo contribuir para a economia do país, já que a expectativa é receber profissionais de diversas partes do mundo.

RETOMADA
O presidente Cyril Ramaphosa colocou a África do Sul novamente no nível de alerta 1, diminuindo o número de horas do toque de recolher e aumentando o número de pessoas permitidas em até 750 para espaços fechados e 2mil para lugares abertos.

“Nós estamos muito felizes de trazer de volta o Meetings Africa e o Africa’s Travel Indaba. A necessidade de eventos presenciais e encontros cara a cara é evidente para a indústria e para o público. Experiências dos últimos meses mostraram que eventos presenciais podem ocorrer de forma segura e bem sucedida, e deixaram claro o quanto eles são importantes para diálogos e trocas. Nós realizamos recentemente o Africa’s Travel and Tourism Summit, evento de formato híbrido que foi bem executado e teve uma boa participação da indústria, reunindo profissionais de Turismo pelo propósito comum de reacender o setor turístico”, disse o CEO do South African Tourism, Sthembiso Dlamini.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA