Prawer Chocolates apresenta nova visita à fábrica em Gramado (RS)

|

Divulgação
Empresa com produção artesanal no Brasil cria uma nova experiência sensorial para turistas
Empresa com produção artesanal no Brasil cria uma nova experiência sensorial para turistas
A Prawer Chocolates anunciou a reformulação do tour de visitação da sua fábrica, em Gramado (RS). Com este novo roteiro, a visita passa a ser acompanhada por um guia, que apresenta as etapas de produção de chocolates, com direito à degustação.

“Os visitantes conhecerão todas as massas de chocolate produzidas aqui em uma viagem pelos cinco sentidos. Nossa ideia é oferecer uma experiência inédita e proporcionar conhecimento aos clientes sobre o universo do chocolate. Queremos que eles saiam daqui conhecendo mais sobre a nossa produção de chocolates”, afirma o diretor da empresa, Maurício Brock.

Com aproximadamente 40 minutos de duração, a visitação inicia com a história de empreendedorismo de Jaime Prawer, o criador da marca, em um breve vídeo. Após a exibição, uma porta é aberta e os visitantes seguem por um corredor, onde podem acompanhar os processos de fabricação, como a área de produção artesanal de todos os seus produtos.

Neste tour pela fábrica, a empresa destaca a preocupação de produzir desde o chocolate, até o recheio de cada um dos seus produtos. A visita oferece uma degustação dos chocolates da Prawer, incluindo o chocolate branco, caramelisé, chocolate zero adição de açúcares, ao leite, meio amargo e dark.

A expectativa é receber uma média de três mil clientes visitando a fábrica todos os meses. As visitações serão diárias em três horários: das 10h às 11h, das 14h às 15h e das 15h às 16h, de segunda a sexta feira para grupos de até 20 pessoas. “O sistema de vendas funcionará como em um cinema. O cliente compra o ingresso e já escolhe o horário que vai participar”, explica Brock.

"Futuramente, a ideia é aumentar nossa gama de produtos, no que se refere a ensino e democratização do conhecimento, dentro do nosso segmento. Queremos, em breve, ter uma agenda de cursos e workshops sobre a produção e o uso de chocolates", finaliza.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA