Brasil é o país das oportunidades, mas ainda tem muitos desafios

|


PANROTAS / Leonardo Ramos
As Cataratas do Iguaçu foram um dos atrativos brasileiros destacados no webinar promovido pela Catalunha
As Cataratas do Iguaçu foram um dos atrativos brasileiros destacados no webinar promovido pela Catalunha
Em webinar promovido pela Câmara de Comércio da Catalunha na manhã desta terça-feira (5), especialistas do setor apresentaram as oportunidades de investimento no Brasil e os desafios que o país ainda enfrenta para atrair mais visitantes internacionais.

Com a mediação do diretor executivo da Câmara, Francisco Arbós, o CEO da PANROTAS, José Guilherme Alcorta, e o ex-diretor da Agência Catalã de Turismo para América Latina, Joan Romero, demonstraram que o Turismo da América Latina representou 10% do PIB mundial do setor em 2019, contribuição que decaiu para 6% no ano passado.
PANROTAS / Filip Calixto
José Guilherme Alcorta, CEO da PANROTAS
José Guilherme Alcorta, CEO da PANROTAS

Só em 2014, viajantes brasileiros gastaram cerca de US$ 25 bilhões no Exterior. Em 2021, influenciados pela pandemia de covid-19, queda do PIB, inflação alta e o preço das passagens, os gastos chegaram a US$ 5 bilhões.

"Nós somos considerados um 'país novo'. Ainda não tivemos a oportunidade cultural e educacional de planejar estratégias a longo prazo e podemos constatar isso pelo fato do Brasil ser o segundo país no mundo com maior concentração de renda. Há pouquíssimas linhas ferroviárias e ainda há muito o que ser feito em segurança e infraestrutura para podermos receber mais turistas. Ainda assim, o Brasil se mostra como um país de oportunidades", comenta Alcorta.

Joan Romero reforça a afirmação de Alcorta ao demonstrar que, apesar da inflação e da falta de mão obra, as pessoas querem continuar viajando, e o Brasil almeja por mais investimentos em tecnologia, mais agilidade comercial e mais praticidade na locomoção de pessoas.

"Há uma enorme oportunidade para divulgarmos e comercializarmos os parques temáticos da Espanha e da Catalunha, os atrativos naturais do Brasil. Temos que trabalhar na implementação de novas rotas e conexões. É preciso captar turistas brasileiros para a Catalunha e também trazer os catalães para o Brasil", reforça Romero.

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DO MERCADO BRASILEIRO

Os participantes aproveitaram o encontro virtual para expor alguns dos principais desafios que ainda dificultam a promoção do Brasil como destino turístico e também os atrativos e diferenciais que só o nosso país tem.

Desafios para os visitantes internacionais

1. Medo da volta da covid-19;
2. Alto preço das passagens aéreas;
3. Alta taxa de câmbio para dólar e euro;
4. Pouca oferta de voos internacionais comparado com 2019;
5. Inflação e desafios financeiros causados pela pandemia;
6. Conflito entre Rússia e Ucrânia;
7. Restrições de viagens;
8. Atrações e destinos lotados;
9. Receio de viajar em grupo e interagir com pessoas de fora da sua bolha;
10. Dificuldade em reservar voos, hotéis e atrações por causa da demanda reprimida.

Grandes oportunidades para os visitantes internacionais

1. Viagens de luxo para relaxar, se reconectar, aproveitar ótimos momentos em família, com amigos ou mesmo sozinho;
2. Opções para viajantes solo;
3. Viagens de nicho – esportes, gastronomia, trilhas, natureza, shows, parques temáticos, cruzeiros;
4. Diversas opções para viagens em família;
5. Grandes centros comerciais e shoppings;
6. Atrações e destinos mais baratos;
7. Viagem para extravasar, "só se vive uma vez";
8. Bem-estar e anywhere office;
9. Destinos mais tranquilos/menos movimentados;
10. Hospedagem alternativa e retiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA