Vistos de EUA, Canadá e outros também autorizam entrada no México

|

Unsplash/Jorge Aguilar
As regras para entrada non México têm uma série de exceções divulgadas pela embaixada
As regras para entrada non México têm uma série de exceções divulgadas pela embaixada
Imprescindível para a entrada de brasileiros no México desde a última quarta-feira (3), quando o governo daquele país publicou em Diário Oficial a exigência, o visto físico mexicano não é a única maneira para a entrada de turistas nas cidades da nação centro-americana. Pelo menos até o dia 18 deste mês estão valendo as autorizações eletrônicas temporárias, que são emitidas em consulados e na embaixada, e também existem as chamadas exceções, que são os vistos de entrada em outros países, como Estados Unidos e Canadá, que também são aceitos no México.

A lista de vistos de exceção que garantem o ingresso em cidades mexicanas tem ainda nações europeias e sul-americanas, todas especificadas em uma lista divulgada pela autoridades mexicanas no Brasil.

As recomendações da Embaixada do México em solo brasileiro explicam quais e como são as chamadas exceções. Confira quais são logo abaixo:

EXCEÇÕES DO VISTO
Estão dispensados de apresentar o formulário de “Autorização Eletrônica” e o visto mexicano os cidadãos brasileiros o de outras nacionalidades que viajam ao território mexicano portando algum dos seguintes documentos:

a) Documento que comprove residência permanente no Canadá, Estados Unidos da América, Japão, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, qualquer um dos países que compõem o Espaço Schengen, bem como os países membros da Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia e Peru);

b) Visto válido e vigente do Canadá, Estados Unidos da América, Japão, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte ou qualquer um dos países que compõem o Espaço Schengen;

c) Turistas que viajam por mar em navios de cruzeiro podem ficar até sete dias sem visto no porto de chegada.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA