Procura por viagens ao México já diminuiu nas operadoras Braztoa

|

PANROTAS / Filip Calixto
Roberto Nedelciu, presidente da Braztoa
Roberto Nedelciu, presidente da Braztoa
A notícia da volta da exigência de vistos para brasileiros que visitam o México já está repercutindo negativamente para o destino entre operadoras brasileiras. De acordo com o presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu, as operadoras associadas Braztoa já estão oferecendo outros destinos no Caribe aos seus clientes, como Aruba, Costa Rica, Cuba, Curaçao e República Dominicana; já que não exigem visto.

"Com certeza, o visto presencial é lamentável, porque durante a pandemia, o México era uma das poucas opções internacionais para brasileiros junto a Egito e Maldivas. Houve uma demanda muito forte e o destino se tornou querido dos brasileiros, e vai ser prejudicado com certeza. As operadoras Braztoa já estão vendendo outros destinos, porque um cliente do Rio Grande do Sul não vai viajar para tirar visto em São Paulo. Então, operadores vão oferecer outros destinos caribenhos", explicou Nedelciu.

ESFORÇOS EM VÃO
O presidente da Braztoa também compartilhou com o Portal PANROTAS os ofícios que a entidade enviou ao secretário de Turismo do México, Miguel Torruco Marqués, em junho e julho deste ano. Os documentos alertam as autoridades mexicanas sobre as consequências que falhas no visto eletrônico trariam às visitas de brasileiros ao México.

Mas Nedelciu lamentou que o que "já seria um absurdo com o visto eletrônico do jeito que estava, piorou com o presencial".

"O prejuízo que está sendo causado é muito alto para nossa indústria - o Brasil se posicionou entre os seis principais países geradores de Turismo para o México. Essa falha está prejudicando gravemente os viajantes a lazer, bem como os participantes de viagens de incentivo, convenções, casamentos e viagens de negócios.

Além desse problema, solicitamos o apoio de hotéis e prestadores de serviços turísticos, pois não há cancelamentos ou reembolsos, o que afeta a economia do viajante.

Reclamações sobre essa grave falha aumentam diariamente na mídia especializada em Turismo e na grande imprensa, fato que prejudica significativamente as decisões dos brasileiros que precisam viajar para o México, além de causar séria preocupação entre os passageiros com saídas programadas – que você já procura nossas empresas para remarcar ou alterar seu destino de viagem",
relata primeiro ofício da Braztoa enviado ao Turismo do México.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA