Câmara LGBT e prefeitura de SP assinam acordo de cooperação

|


Divulgação
Presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes, com secretário municipal de Turismo de São Paulo, Orlando Lindório de Faria
Presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes, com secretário municipal de Turismo de São Paulo, Orlando Lindório de Faria
A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil assinou na sede da Prefeitura de São Paulo, nesta semana, um acordo de cooperação com a cidade para a promoção do Turismo LGBT. A Secretaria de Turismo do Município e a entidade irão desenvolver nas próximas semanas um plano para pautar o trabalho previsto no acordo, que já começa durante a Parada do Orgulho LGBTI+ na capital paulista.

Para a Câmara LGBT, assinar este acordo de cooperação com a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Turismo, mostra que a entidade fortalece o seu propósito em promover e incentivar os destinos amigáveis. “A assinatura do acordo é um marco para a Câmara LGBT, que além de coroar o trabalho que a entidade já vem realizando com o município, desde 2017, nos possibilita desenvolver um plano estratégico para o Turismo LGBTI+ na capital”, afirma o presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes.

O acordo de cooperação técnica tem como objeto estabelecer a execução de ações conjuntas, voltadas para a promoção e apoio à comercialização da cidade de São Paulo como destino amigável no mercado nacional e internacional, e à sensibilização de prestadores de serviços turísticos para evitar o preconceito ao atender o público LGBTI+ na capital.

“São Paulo é um exemplo, muitas vezes seguido por outros municípios. Além da importância em promover o município, o acordo certamente vai servir de exemplo para que outras cidades brasileiras se juntem à entidade para juntos promover os destinos amigáveis do País”, destaca.

Para o secretário Municipal de Turismo de São Paulo, Orlando Lindório de Faria, o acordo vem agregar e legitimar o trabalho já realizado pela secretaria na promoção de São Paulo como diversa. “Somos considerados o quarto melhor destino LGBT do mundo. Este mercado é promissor e movimenta um volume considerável na economia, sendo o Turismo que mais cresce no mundo. A Parada do Orgulho LGBTI+ de 2018 contou com mais de três milhões de pessoas, sendo mais de 24% turistas, que movimentaram cerca de R$ 288 milhões na economia da cidade.”

Além das ações que vão ser implementadas durante a parada neste mês e já amparada pelo acordo, a prefeitura e a câmara vão promover uma press trip com convidados brasileiros e outros países durante a realização da terceira Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT, que acontece na capital entre os dias 25 de agosto e 1º de setembro.

Segundo o secretário de Turismo, outra ação que será implementada rapidamente é a fixação do azulejo da Câmara LGBT em aparelhos turísticos do Município. “O azulejo vai servir como uma sinalização que estes espaços são respeitosos à diversidade”. A obra traz a frase “aqui respeitamos a diversidade”, em português, além da frase em inglês e espanhol, com assinatura do designer e estilista mineiro Ronaldo Fraga.

Para o presidente da Câmara LGBT, o acordo é assinado em um momento bastante propício, uma vez que o trabalho entre a entidade e o município já está consolidado. “São Paulo será o destino nacional convidado da Conferência da Diversidade deste ano e pretende mostrar que abraça a todos. A cidade que é cada dia mais diversa também será mostrada em pesquisa nacional que a entidade está organizando em todo o País e que terá edição anual para colocar o Brasil no mapa dos países que tem dados concretos sobre o Turismo LGBT”, finaliza.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA