ECONOMIA E POLÍTICA

CVC Corp: agências independentes crescem 27%; lojas CVC 3,8%


Emerson Souza
Luiz Fernando Fogaça, diretor presidente da CVC Corp
Luiz Fernando Fogaça, diretor presidente da CVC Corp
As agências de viagens independentes salvaram o segundo trimestre e por consequência o semestre em vendas para a CVC Corp no Brasil: foram R$ 4,02 bilhões de janeiro a junho, crescimento de 28,6%. As lojas exclusivas CVC (1.331 no total, e 62 da Experimento) venderam R$ 2,86 bilhões e cresceram apenas 3,8%. A venda nas mesmas lojas (unidades que existiam no segundo trimestre de 2018) caiu 1% no semestre. As vendas on-line cresceram 83,9%, chegando a R$ 605,7 milhões nos seis primeiros meses do ano.

As vendas totalizaram R$ 7,5 bilhões no Brasil (+20,6%) e R$ 8,2 bilhões incluindo a Argentina. Os investimentos no país vizinho ainda não deram o retorno esperado devido à crise econômica de lá. As vendas no semestre foram de R$ 916,5 milhões, queda de 22,1% e prejuízo de R$ 5,2 milhões.

O EBIDTA no Brasil foi de R$ 328,8 milhões no semestre, com incremento de quase 20% sobre 2018.

AVIANCA BRASIL

Os trâmites para reacomodar passageiros da Avianca Brasil geraram gastos de R$ 82 milhões no segundo trimestre (de uma previsão de R$ 100 milhões). Segundo a CVC Corp, 90% dos passageiros já foram atendidos. Na CVC Lazer, 76% optaram por remarcar a viagem e na Submarino Viagens apenas 18%. Portanto, 24% na primeira e 82% na OTA pediram seu dinheiro de volta.

O aumento do tíquete médio foi de 60% nas compras para o mesmo mês, 34% um mês após a venda e 11% dois ou mais meses depois.

PASSAGEIROS

A CVC Corp transportou 2,86 milhões de passageiros no segundo trimestre e 5,9 milhões no semestre. Os gastos com Marketing totalizaram R$ 80 milhões, aumento de 17,6%.

O lucro líquido foi de R$ 84,5 milhões no semestre e houve prejuízo de R$ 15 milhões no segundo trimestre. No lucro ajustado, os valores sobem para R$ 41,1 milhões no 2T19 e R$ 149,7 milhões no 1S19.

MAIS SOBRE O BALANÇO CVC CORP

ACESSE O DOCUMENTO COMPLETO

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA