ECONOMIA E POLÍTICA

Doria lança convênios e linha de crédito para destinos de SP


Governo do Estado de São Paulo
João Doria, governador do Estado de São Paulo
João Doria, governador do Estado de São Paulo
O governador do Estado de São Paulo, João Doria, assinou 146 convênios que irão financiar obras em 85 municípios e totalizam o valor de R$ 120 milhões. A verba partiu do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) e os recursos foram articulados pela Secretaria de Desenvolvimento Regional. Estão na lista de convênios assinados pelo Estado implantação de parque urbano, sinalização turística, revitalização de museu, ampliação de complexo aquático e construção de jardim botânico.

“Fazer do Turismo uma área inovadora, transformadora e de alta seriedade é o nosso objetivo no Estado de São Paulo. Peço aos prefeitos que usem os recursos para aquilo que gere empregos e oportunidades para a população. O Turismo é a área que mais pode oferecer empregos, do mais simples ao que exige maior qualificação. São Paulo é o Estado que gera mais empregos no Brasil, isso é fruto de trabalho e de um pensamento transformador”, afirmou Doria.

PROGRAMA DE CRÉDITO TURÍSTICO

Além dos convênios, o governador também anunciou o Programa de Crédito Turístico, que tem como objetivo facilitar o acesso às linhas de crédito oferecidas pelas instituições parceiras. Essa iniciativa é articulada pela Secretária de Turismo e pela Desenvolve SP e conta com três grandes parceiros: BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Ao todo será disponibilizado mais de R$ 1 bilhão em crédito para financiamentos do setor com 0,17% de juros ao mês e prazo de até 240 meses. O programa está disponível para o setor público e privado. Os financiamentos poderão ser utilizados para construção, arenas multiuso, projetos de sustentabilidade ambiental, saneamento básico, iluminação pública, obras de infraestrutura viária, aquisição de máquinas e veículos novos, soluções tecnológicas, obras civis para reformas, modernização e ampliação dos prédios públicos.

“Do lado público, a oferta de crédito vem para complementar o orçamento dos municípios. Por outro lado, o programa é mais uma demonstração de que este governo busca criar condições para atuar junto com o setor privado no desenvolvimento do Turismo”, disse o Secretário de Turismo, Vinicius Lummertz.

ATRAÇÃO DE INVESTIMENTOS

Para completar as novidades no Turismo de São Paulo, o governador anunciou a contratação da Investe SP, que irá realizar um plano de atração de investimentos para o turismo paulista. O objetivo dessa contratação é mapear regiões e suas potencialidades, montando portfólios para atrair investidores.

“Acreditamos que essa iniciativa trará bons resultados para o estado. Vamos direcionar para o setor de turismo toda a nossa experiência na atração de investimentos acumulada em quase dez anos de história”, afirma o Presidente da Investe SP, Wilson Mello.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA