“Enfim, justiça”, diz presidente da FBHA sobre MP 907

|

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), filiada à Confederação Nacional do Comércio (CNC), comemorou a assinatura da Medida Provisória Nº 907, também conhecida como “A Hora do Turismo”. De acordo com o presidente da entidade, Alexandre Sampaio, o poder executivo acertou ao fortalecer a parceria da iniciativa privada com o poder público.

Alexandre Campbell
Alexandre Sampaio, presidente da FBHA
Alexandre Sampaio, presidente da FBHA
Entre os pontos destacados pela FBHA como “extremamente positivos para o trade turístico” está a isenção de pagamento de direitos autorais por músicas executadas nos quartos de hotéis e a transformação da Embratur em agência de promoção internacional de destinos turísticos brasileiros.

“Enfim, feita justiça”, afirmou Alexandre Sampaio ao lembrar que a cobrança da taxa do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) sobre as canções executadas em acomodações hoteleiras é questionada desde 1975, quando foi instituída.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA