MTur adota iniciativas para aprimoramento de destinos

|

A Secretaria Nacional de Estruturação do Ministério do Turismo contabilizou a adoção de iniciativas voltadas à preparação de destinos para o aumento da procura por visitantes no País. Até este mês, o MTur garante que gerenciou mais de 1,5 mil projetos de infraestrutura turística, cujos repasses totalizaram R$ 1,24 bilhão.

A pasta também afirma que foram finalizados mais de 850 trabalhos no Brasil, com um investimento superior a R$ 600 milhões. Entre eles, obras em cartões postais, como em Salvador (BA), que teve entregue a revitalização da orla da Ponta de Humaitá, e Garibaldi (RS), onde houve a ampliação do Centro de Eventos Fenachamp.

Divulgação
Orla da Ponta de Humaitá, em Salvador: um dos cartões postais do País que foram revitalizados
Orla da Ponta de Humaitá, em Salvador: um dos cartões postais do País que foram revitalizados

O MTur credenciou novas instituições financeiras para operar o Fundo Geral do Turismo (Fungetur), ampliando de 8 para 18 o número de agentes habilitados. No ano, o Fundo financiou um total de R$ 98,5 milhões a 162 empreendimentos.

REGIONALIZAÇÃO
Foi anunciado o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, que agora reúne 2.694 cidades de 333 regiões turísticas. Estados e municípios que trabalham o setor como política de desenvolvimento seguiram critérios adicionais, a exemplo da obrigatoriedade de participação em Instância de Governança Regional (IGR) e a existência de Conselho Municipal de Turismo.

O programa Conexão PRT + Integrado permitiu uma troca de experiências mais ampla com os 3.054 interlocutores nos estados e os gestores das IGRs. Houve ainda o lançamento da hashtag #conexãoPRT, que promove a divulgação de iniciativas do programa nas redes sociais.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA