ECONOMIA E POLÍTICA

WTTC espera que setor alcance neutralidade climática até 2050

O WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo) realizou um evento sobre a ação climática focado no setor durante a Conferência Climática da ONU, COP 25. Mais uma vez a entidade reafirmou seu compromisso com as mudanças climáticas pelo o plano de ação Soar.

Divulgação
Gloria Guevara abriu o painel na COP 25
Gloria Guevara abriu o painel na COP 25
“Estamos empolgados em avançar com o nosso Plano de Ação sobre Clima e Meio Ambiente (S0AR). Como líderes do setor de Viagens e Turismo, temos o poder de promover mudanças reais e estamos comprometidos com esse problema. Muitos de nossos membros estão já em práticas comerciais sustentáveis, e o WTTC tem a oportunidade de reunir a indústria para que possamos avançar mais rapidamente, contribuir e enfrentar os desafios ambientais e de sustentabilidade significativos que o mundo enfrenta" comentou a presidente e CEO da WTTC, Gloria Guevara.

A iniciativa tem como objetivo que até 2050 o setor de Viagens e Turismo esteja neutro em questões ambientais. O plano foi construído a partir de metas baseadas na ciência, medidas de eficiência energética, energia renovável e iniciativas para reduzir o uso de plásticos, resíduos de alimentos e outros.

Além disso, o WTTC também liderou a criação do programa Parceiro de Viagens e Turismo Sustentável, que reconhece as empresas que vêm adotando ações sustentáveis e irá compartilhar as melhores práticas através de um hub de conhecimento em sustentabilidade.

“Viajar e se reunir são atividades inerentemente positivas que criam as bases para um mundo globalmente pacífico e sustentável. Além disso, esse amplo setor também contribui com um número significativo de empregos e renda e possibilita educação, saúde e outros serviços em comunidades desfavorecidas. Não obstante, esse setor, como quase todos os outros setores da sociedade, também possui uma pegada climática significativa. No entanto, por mais irrealista que parar de comer, parar de lavar roupas ou de usar energia, seria parar de viajar. A solução é encontrar caminhos de fazer isso de maneiras mais favoráveis ao clima, para que os benefícios das viagens possam ser alcançados sem impactar negativamente o clima. Esperamos que essa colaboração com o WTTC e seus membros ajude a acelerar essa transformação no setor”, afirmou o secretariado da UNFCCC, Niclas Svenningsen.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA