ABIH-RJ celebra concessão de R$ 5 bilhões ao Turismo

|

Prometidos há duas semanas pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os R$ 5 bilhões do fundo garantidor para as empresas de Turismo foram aprovados hoje (08) pelo Governo Federal, via MP 963, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Roberto Castro/MTUR
A MP 963 atende a todos os cadastrados no Cadastur e a liberação deverá ser via Caixa Econômica Federal
A MP 963 atende a todos os cadastrados no Cadastur e a liberação deverá ser via Caixa Econômica Federal
Trata-se de um crédito para atender as empresas do setor de Viagens e Turismo, 100% sob supervisão do Fundo Geral de Turismo, o Fungetur. Esta era uma das reivindicações de entidades de todo o setor.

O presidente da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro) Alfredo Lopes, comemorou a notícia e disse o quanto essa medida será eficaz para o setor. "Essa nova de linha de financiamento gerida pelo Fungetur é essencial, é uma luz no fim do túnel. Realmente, as empresas na área de Turismo estão perdendo o fôlego, e imaginamos que essa crise no nosso segmento não termine antes de setembro ou outubro, pois tem muitos pontos ainda sem definição sobre o ápice da pandemia. O importante é que seja um financiamento de forma rápida, ágil, e que possibilite uma maior flexibilidade de acesso, principalmente, aos pequenos e médios meios de hospedagem, agentes de viagens, enfim, a toda indústria do Turismo”, afirmou Alfredo.

A MP 963 atende a todos os cadastrados no Cadastur, o cadastro único do MTur, e a liberação deverá ser via Caixa Econômica Federal. O objetivo é garantir a saúde financeira das empresas, e os empregos de milhões de trabalhadores dessa indústria.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA