Iata pede por certificado de vacinação digital comum

|

A Iata está incentivando todos os setores da União Europeia a apoiar uma iniciativa do primeiro-ministro da Grécia, Kyriakos Mitsotakis, para chegar a um acordo sobre um certificado europeu de vacinação de covid-19 digital comum que permitiria aos imunizados viajarem livremente na Europa sem a necessidade de testes.

Iata pede apoio por certificado de vacinação digital europeu comum
Iata pede apoio por certificado de vacinação digital europeu comum
Em uma carta aberta à presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, o diretor geral e CEO da Iata, Alexandre de Juniac, apelou aos Estados da União Europeia para coordenarem uma política que veria a Europa ganhar com segurança os benefícios econômicos e sociais da renovação da liberdade de movimentação, a começar pelos vacinados.

“A iniciativa do primeiro-ministro Mitsotakis deve ser urgentemente adotada pela Comissão e por todos os Estados membros. A vacinação é fundamental para reabrir fronteiras com segurança e estimular a recuperação econômica. Um certificado de vacinação pan-europeu mutuamente reconhecido seria um passo importante para dar aos governos a confiança para abrir suas fronteiras com segurança e aos passageiros a confiança para voar sem a barreira da quarentena”, diz de Juniac.

A proposta grega é de um certificado de vacinação harmonizado que poderia contribuir para o restabelecimento da mobilidade em escala global, que é a base para o restabelecimento da atividade econômica aos níveis anteriores à crise. O requisito de um reinício harmonizado da aviação segura é mais urgente do que nunca, face aos novos bloqueios e restrições de viagens em todo o mundo.

À medida que o vírus vai sendo controlado, as capacidades de teste melhoram e a população vacinada cresce, de Juniac enfatizou a necessidade dos governos se prepararem para restabelecer a liberdade de movimentação com um planejamento bem coordenado. Esse plano deve usar a combinação mais eficaz de vacinação e aplicação de exames.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA