Reino Unido proíbe turistas do Brasil, Panamá e de toda a América do Sul

|


Flickr/The White House
Boris Johnson, primeiro-ministro britânico
Boris Johnson, primeiro-ministro britânico

O Reino Unido decidiu banir viajantes com origem no Brasil (e ainda Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela) em resposta à descoberta de uma nova variação do coronavírus em nosso país. O ministro do Transporte, Grant Shapps, anunciou em sua conta no Twitter o veto, que não inclui cidadãos britânicos e irlandeses ou passageiros de outros países com residência no Reino Unido. Mas esses passageiros, ao chegarem, terão de fazer isolamento de dez dias.

Cabo Verde e Portugal também serão afetados pela medida, devido à relação próxima com o Brasil. Confira abaixo os tweets do ministro Grand Shapps.


Twitter
Grant Schapps, ministro do Transporte no Reino Unido
Grant Schapps, ministro do Transporte no Reino Unido

A BBC disse que o primeiro-ministro Boris Johnson declarou "preocupação" com a nova variante e que "medidas extras" foram tomadas.

As chegadas do Brasil no Reino Unido demandam hoje um auto-isolamento de dez dias.

"Já tomamos medidas duras para proteger este país de novas infecções vindas do exterior. Agora estamos avaliando medidas para fazer isso em relação à variante brasileira", concluiu Johnson.

Atualizada às 13h25


*Fonte: BBC

conteúdo original: https://www.bbc.com/news/uk-55660552
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA