Consumo em hotéis e restaurantes caiu 22% em 2020

|

Empresa especializada em pesquisas, identificação de tendências e de comportamento de consumo, a Kantar aponta que, durante o ano de 2020, o índice de consumo em produtos de hotéis, restaurantes e cafeteiras no País caiu 22%. O número é resultado da comparação com 2019 e mostra uma queda ainda maior que o verificado nos chamados gastos fora do lar como um todo, que caíram 16% na mesma comparação.

Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Medidas restritivas geradas pela pandemia são a cauda na queda nos números de gastos fora do lar
Medidas restritivas geradas pela pandemia são a cauda na queda nos números de gastos fora do lar
A queda no indicador de consumo, segundo apontam os pesquisadores, foi causada pela pandemia e pela diminuição do poder aquisitivo de pare do mercado consumidor no País. De acordo com o Kantar, 41% dos gastos fora do lar são destinados ao chamado HoReCa, que é o grupo formado por hotéis, restaurante e cafeterias. Em 2020, contudo, por conta das medidas que restringiam a circulação em diversas cidades, o resultado foi de baixa.

Dentro desse universo, a retração pode ser vista em todo tipo de estabelecimento. Enquanto a queda no grupo HoReCa foi de 22%, o Canal Impulso (quiosques, lojas de doces, postos de gasolina, carro móvel, food truck, vendedores ambulantes e máquinas de venda automática) caiu 17%, o Canal Moderno (hipermercados, supermercados, lojas de conveniência e self-service) encolheu 6% e o Canal Tradicional (Lojas de comida tradicional, não self-service) teve baixa de 12%.

DADOS GERAIS
O levantamento, em sua versão completa, que leva em conta os índices obtidos em nove mercados (Brasil, China, França, Grã-Bretanha, Indonésia, México, Portugal, Espanha e Tailândia), mostra que o consumo fora do lar faturou US$ 22 bilhões a menos que o visto em 2019, o que significa queda de 26%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA