União Europeia pode barrar vacinados com coronavac e sputnik

|


Pexels.com
barcelona,espanha
barcelona,espanha

Ainda é cedo para afirmar, mas pessoas que tomaram vacinas contra covid-19 das empresas chinesas Sinovac Biotech (que produz a coronavac, aplicada no Brasil) e Sinopharm poderão ser impedidas de entrar na Europa. Isso porque somente vacinas aprovadas pelas autoridades europeias serão consideradas e no momento as vacinas chinesas e russas ainda não possuem a aprovação. A expectativa por essa análise é grande e pode afetar diretamente os planos de brasileiros para viagem à Europa, assim que for permitido.

A Europa já sinalizou que aceitará turistas vacinados dos Estados Unidos, onde todas as vacinas usadas já estão aprovadas para uso na Europa.

Leia matéria da revista Veja sobre o tema.

Saiba mais sobre o passaporte de saúde da União Europeia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA