América Latina deve implementar certificado de covid, diz WTTC

|


Divulgação
Conselho Mundial de Viagens e Turismo acredita que a região deveria se espelhar nas ações da Europa
Conselho Mundial de Viagens e Turismo acredita que a região deveria se espelhar nas ações da Europa
Os países da América Latina precisam viabilizar rapidamente a implementação de um Certificado Digital de Covid-19 para viajantes na região, em busca de uma recuperação do Turismo acelerada e sobretudo segura. Esse certificado deve informar o estado de saúde e de vacinas dos viajantes da região. Quem faz essas recomendações é o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

"O certificado digital facilitará as viagens, agilizará os controles de entrada e saída nos aeroportos e alinhará os padrões da América Latina com os estabelecidos pela IATA globalmente, sobre esquemas de vacinação, realização de testes e a imunidade daqueles que já foram contaminados", afirma a vice-presidente sênior do WTTC, Virginia Messina.

O WTTC aponta que a América Latina está mostrando uma recuperação do setor turístico, e entre os meses de junho e agosto de 2021 a previsão é alcançar um fluxo de passageiros internacionais equivalente a 80% do mesmo período em 2019.

Para Virginia Messina, as ações empreendidas na União Europeia com o Certificado Digital de Covid deveriam ser um exemplo para a América Latina impulsionar o retorno das viagens internacionais de maneira segura, ajudar a recuperar postos de trabalho e reativar um setor que será fundamental para a retomada da economia na região.

"O WTTC confia que o Certificado Digital de Covid da União Europeia vai contribuir em dar mais confiança entre os consumidores de Viagens e Turismo, setor que está em luta pela sobrevivência há mais de um ano", afirmou a VP sênior.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA