SP antecipa vacinação e anuncia o fim das restrições de horários

|


Reprodução/Governo de SP
A fase de transição chegará ao fim após todos os adultos receberem a primeira dose da vacina
A fase de transição chegará ao fim após todos os adultos receberem a primeira dose da vacina
Nesta quarta-feira (28), o governador de São Paulo, João Doria, antecipou novamente o calendário de vacinação de adultos e adolescentes contra a covid-19. Todos os adultos de até 18 anos deverão receber a primeira dose da vacina até o dia 16 de agosto, iniciando no dia 18 a vacinação dos adolescentes entre 12 e 17 anos. Antes, a previsão era de que os adultos fossem imunizados até 20 de agosto. Atualmente, cerca de 76,1% da população adulta já recebeu a primeira dose da vacina e 27,5% já recebeu a vacinação completa.

Com a antecipação, o novo calendário de vacinação fica assim:

  • Adultos de 30 a 34 anos: 19 a 29 de julho;
  • Adultos de 28 e 29 anos: 20 de julho a 4 de agosto;
  • Adultos de 25 a 27 anos: 5 a 9 de agosto;
  • Adultos de 18 a 24 anos: 10 a 16 de agosto;
  • Adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas: 18 a 29 de agosto;
  • Adolescentes de 15 a 17 anos: 30 de agosto a 5 de setembro;
  • Adolescentes de 12 a 14 anos: 6 a 12 de setembro.

FIM DA FASE DE TRANSIÇÃO
O governo também anunciou flexibilizações nas regras do Plano SP e o fim das restrições de horários a partir de 17 de agosto. Atualmente, todo o Estado permanece na fase de transição, que teve início em 9 de julho e se encerra no próximo sábado (31), com horário limite para funcionamento do comércio e atividades econômicas até às 23h e ocupação de até 60% da capacidade do estabelecimento. Também será encerrado o toque de recolher durante as noites a partir deste domingo (1).
Reprodução/Governo de SP
Os eventos que geram aglomeração estão condicionados aos resultados dos eventos modelo
Os eventos que geram aglomeração estão condicionados aos resultados dos eventos modelo
Entre 1º e 16 de agosto, o horário limite para funcionamento passa a ser estendido até 00h e a taxa de ocupação dos estabelecimentos sobe de 60% para 80%. Dessa forma, atividades comerciais e serviços poderão ter atendimento presencial entre 6h e 00h, mas o acesso de clientes a shoppings, galerias, lojas de rua, bares e restaurantes deverá ser interrompido às 23h, com atendimento permitido até 00h. Além disso, os parques estaduais voltarão ao funcionamento normal e todas as atividades econômicas deverão seguir os protocolos de segurança sanitária, incluindo distanciamento social e uso obrigatório de máscara nos ambientes.

Já a partir de 17 de agosto, o Plano SP prevê a fase "retomada segura" com ocupação de até 100% nos estabelecimentos. No entanto, todos os protocolos de sanitários continuarão em vigor, incluindo uso obrigatório de máscara em qualquer ambiente, distanciamento de um metro e respeito às medidas de higiene. As prefeituras deverão manter a autonomia para determinar a rigidez das restrições caso a situação local da pandemia apresente piora.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA