MTur lança cartilha com direitos e deveres do consumidor do Turismo

|

Em evento virtual realizado hoje (1), os ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública lançaram a cartilha o Consumidor Turista, feita para orientar turistas sobre direitos e deveres no âmbito do consumo de viagens pelo Brasil. As primeiras três edições da publicação têm apoio da Anac e vão tratar da relação do cliente com as companhias aéreas, com informações de como esse contato é regido no antes, durante e depois das viagens. Para as edições seguintes, os ministérios projetam lançar materiais que tratam de viagens rodoviárias e em seguida outros segmentos do mercado serão abordados.

Reprodução
Transmissão do MTur para tratar da cartilha Consumidor Turista aconteceu hoje (1)
Transmissão do MTur para tratar da cartilha Consumidor Turista aconteceu hoje (1)
“Acreditamos que este é mais um movimento que demonstra o compromisso desse governo com a transparência. Nesse primeiro momento, falando do setor aéreo, mas tratando com esse material de toda a cadeia e de como o consumidor pode requerer seus direitos”, pontua o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que participou do evento virtual apenas com uma saudação.

Participaram ainda do lançamento o secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França, a secretária nacional do consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Juliana Oliveira Domingues, e o diretor da Anac, Tiago Pereira.

Todos eles comentaram o lançamento do conjunto de cartilhas e lembraram do trabalho que vem sendo feito para a resolução de problemas. William França fez questão de salientar que, das 13 mil demandas de viajantes cadastradas na página do ministério, 7,8 mil já foram resolvidas. “Temos trabalhado constantemente para resolver eventuais problemas de clientes com companhias aéreas e a cartilha deve também ajudar nesse sentido”, aponta França.

Também ressaltando a importância que o material pode ter, a secretária Juliana lembrou que o trabalho é feito em parceria pelos dois ministérios em virtude de um modelo transversal de atuações das pastas. “Faço votos que essa cartilha seja muito útil e bem disseminada”, afirmou.

A primeira cartilha, que trata da relação do cliente com as companhias aéreas antes do embarque já está disponível nos sites da Anac, do Ministério do Turismo e do Ministério da Justiça e Segurança Pública.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA