Ministério do Turismo lança Observatório Nacional de Turismo

|

O Ministério do Turismo acaba de lançar o Observatório Nacional de Turismo. O espaço, desenvolvido pela Coordenação-Geral de Dados e Informações, reúne informações trabalhadas pela Pasta e apresenta-as aos usuários por meio de publicações, painéis, indicadores e anuários estatísticos. A ferramenta pode ser acessada neste link.

Getty Images
Espaço reúne informações e apresenta-as aos usuários por meio de publicações, painéis e indicadores
Espaço reúne informações e apresenta-as aos usuários por meio de publicações, painéis e indicadores
Como novidade estão os painéis interativos, que trazem dois perfis de consulta: “Ocupações formais do setor de Turismo no Brasil” e “Perfil socioeconômico das ocupações do setor de turismo no Brasil”. O primeiro, por exemplo, possibilita que os dados sejam filtrados por atividade do setor, ano, região e obtenha informações como o número de trabalhadores formais, a remuneração média do Turismo e o cenário em cada uma das regiões do País.

“Esse Observatório é resultado de um intenso trabalho do Ministério do Turismo em fornecer uma radiografia de como está organizado o setor do Turismo em nosso País, possibilitando que consigamos colocar em prática ações que desenvolvam nossa atividade. Especialmente nesse pós-pandemia, onde sabemos que nosso país tem o maior potencial entre as grandes nações”, afirmou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

O espaço ainda disponibiliza acesso aos resultados das sondagens empresariais que vêm sendo desenvolvidas pela Pasta. O objetivo é avaliar o desempenho de segmentos do setor, reunindo informações para monitoramento de indicadores como número de empregados, faturamento das empresas e demanda por serviços. Os dados são fundamentais para traçar o cenário que vive o segmento após o início da recuperação das atividades turísticas no Brasil.

Outra novidade é a possibilidade de o usuário ter acesso aos observatórios de Turismo existentes no Brasil. Também está disponível para consulta à série histórica de anuários estatísticos e demandas turísticas, além da revista “Dados e Informações”, disponível na íntegra.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA