Índice de Atividades Turísticas registra 7ª taxa positiva seguida

|

Divulgação
O quadro é um reflexo do avanço da vacinação contra a covid-19 e das medidas de apoio ao setor
O quadro é um reflexo do avanço da vacinação contra a covid-19 e das medidas de apoio ao setor
A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada na última quinta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta novo impacto positivo da gradual retomada do mercado de viagens no Brasil. Segundo o estudo, o Índice de Atividades Turísticas cresceu 4,2% em novembro de 2021 ante o mês anterior (outubro) no País, a sétima alta consecutiva, gerando um ganho acumulado de 57,5% no período analisado.

Oito dos 12 locais avaliados acompanharam a expansão, especialmente São Paulo (8%), Paraná (6,3%), Rio de Janeiro (2,8%) e Minas Gerais (2,3%). Na comparação com novembro de 2020, o aumento chega a 25,5%, a oitava taxa positiva seguida, impulsionado principalmente por empresas de meios de hospedagem, restaurantes, transporte aéreo, rodoviário coletivo de passageiros, locação de automóveis, serviços de bufê e agências de viagens.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, avalia que o quadro reflete avanços na vacinação contra a covid-19 e medidas de apoio ao setor. “Os dados mostram que ações como a definição de protocolos sanitários, com o Selo Turismo Responsável, favoreceram a manutenção de atividades. Medidas como esta são essenciais para proporcionar o contínuo desenvolvimento do ramo, até chegarmos aos níveis anteriores à pandemia”, frisa.

No acumulado de 2021, as atividades turísticas cresceram 21,1%, influenciadas pelo aumento de receitas das empresas dos ramos de transporte aéreo, hotéis, restaurantes, locação de automóveis e rodoviário coletivo de passageiros. Regionalmente, todos os 12 locais investigados registraram taxas positivas, com destaque para Bahia (49,3%), Pernambuco (42,7%), Minas Gerais (29,6%), Rio de Janeiro (16,8%) e São Paulo (9,4%).

Para obter o Selo Turismo Responsável do MTur, o estabelecimento ou profissional deve estar regular no Cadastur, o Cadastro Nacional de Prestadores de Serviços Turísticos. O registro ocorre de forma rápida, gratuita e on-line. Depois, o interessado precisa acessar o site do Selo, ler as orientações e declarar cumprir os pré-requisitos. Na sequência, o prestador é encaminhado a uma área do portal onde pode realizar o download do selo para impressão.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA