Conselho da OMT estuda suspensão da Rússia

|

Wikicommons
Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da OMT
Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da OMT
A Organização Mundial do Turismo (OMT) convocou uma sessão de emergência do seu Conselho Executivo em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia. A sessão será em Madri, no próximo dia 8. É a primeira vez na história da Organização que o Conselho Executivo atenderá a uma solicitação desse tipo.

Após a solicitação da Guatemala, Lituânia, Polônia, Eslovênia e Ucrânia para a suspensão da Federação Russa da adesão à OMT, o Secretário-Geral da OMT convocou uma sessão de emergência do Conselho Executivo para tratar do assunto, de acordo com a Regra 3.4. do Regimento do Conselho. A decisão foi tomada após consultas entre o Secretário-Geral e o Presidente do Conselho Executivo (Costa do Marfim).

O artigo 3.º dos Estatutos da OMT estabelece que os princípios fundamentais da Organização são a “promoção e desenvolvimento do Turismo com vista a contribuir para o desenvolvimento econômico, a compreensão internacional, a paz, a prosperidade e o respeito universal e a observância dos direitos humanos”.

A OMT condenou as ações da Federação Russa, observando que elas são uma clara violação da soberania e integridade territorial ucraniana e contrárias aos princípios consagrados na Carta da ONU e nos Estatutos da OMT.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA