Fim de ano exige reserva de carros em novembro, alerta Abla

|


Wikicommons
Aluguel de carros será uma das principais opções de viagens na alta temporada de verão durante a pandemia
Aluguel de carros será uma das principais opções de viagens na alta temporada de verão durante a pandemia
A Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla) volta a alertar para a necessidade de antecedência no aluguel de carros. Quem planeja viagens com veículos alugados para os períodos de Natal e Réveillon, por exemplo, deve fazer a reserva ainda em novembro. O segmento mostra recuperação acelerada nesta crise comparado a outros no setor de Turismo.

Atenção especial para Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, que são os seis principais destinos para os quais há necessidade de antecipação das reservas de locação de veículos, segundo a Abla.

A associação aponta que, nos recentes feriados de 7 de setembro e 12 outubro, entre 80% e 90% das locadoras que trabalham nos aeroportos já ficaram sem carros disponíveis. "No Natal e no Réveillon o mais provável é que isso se repita", alerta o presidente da associação, Paulo Miguel Junior. "Desde maio há uma demanda reprimida por viagens em função das medidas de isolamento social e, partir de setembro, com a crescente flexibilização do isolamento, o turismo interno voltou com força".

Além disso, o setor de aluguel de carros iniciou o ano com uma frota de 998 mil veículos e, em setembro de 2020, em função da pandemia a frota total já havia caído para 916 mil. "Neste momento, existem cerca de 100 mil a 150 mil automóveis e comerciais leves que seriam necessários para as locadoras atenderem a retomada, mas que estão com entrega em atraso por parte das montadoras", aponta Miguel Junior.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA