OPERADORAS

Como ser sustentável na época do chamado 'overtourism'

Marluce Balbino
Magda Nassar, presidente da Braztoa
Magda Nassar, presidente da Braztoa

Não é apenas durante a Copa do Mundo Fifa que as pessoas vestem a camisa de seus times. Aliás, não necessariamente a equipe defendida precisa estar situada no universo do futebol. Para a presidente da Braztoa, Magda Nassar, torcer pelo Turismo vai além da paixão pelo setor e o intuito de atrair um número extenso de visitantes.

"O Turismo é uma atividade importante economicamente, mas todos nós que atuamos neste setor precisamos perceber o quanto os destinos são a nossa matéria-prima e precisam ser preservados, para nós e para as gerações que virão e ainda não tiveram a oportunidade de conhecê-los", escreve na blogsfera do Portal PANROTAS.

No artigo, ela destaca alguns destinos já saturados pelo enorme fluxo turístico, como Barcelona (Espanha), Mumbai (Índia), Amsterdã (Holanda) e Veneza (Itália) — que têm visto ser prejudicados seus habitantes, estrutura e mesmo a experiências dos viajantes. Em nome da entidade, Magda ainda destaca o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, "cujo objetivo é jogar luz a iniciativas sustentáveis de empresas brasileiras do Turismo".

No artigo, Magda ainda aproveita para convidar os leitores a enviarem as próprias iniciativas para a premiação. O artigo completo e mais infirmações do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade podem ser conferidos neste link.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA