OPERADORAS

Megafam da Flot apresenta Praga a 76 agentes; veja fotos


Mariuccia Ancona Lopez
Parte do grupo de agentes
Parte do grupo de agentes
Num dia frio, quase no início da primavera, divididos em dois grupos, os 76 agentes de viagens participantes do mega famtrip da Flot visitaram os principais pontos turísticos de Praga durante caminhada pelos cartões postais da cidade. Não faltaram a Praça da Cidade Velha e seu Relógio Astronômico, a Ponte Carlos, a lendária Praça Venceslau, a Torre da Pólvora, a Praça de Repúbica e tantos outros locais.

A grande maioria deles (80%) estreia na República Tcheca, embora Praga já esteja nos seus portfólios de vendas. A expressão de surpresa com a beleza da cidade histórica e ao mesmo tempo moderna e contemporânea nos hábitos, costumes e facilidades ficou evidente até para quem já havia visitado Praga.

Para Wu Cheng Kung, da Happy Holidays de São Paulo, ”é mais bonita do que nas fotos” e sua primeira visita à cidade vai, certamente, fazer a diferença nas vendas futuras. Hanam Al Gamal, da Alamia Tour, também pela primeira vez em Praga, ficou impressionada com a segurança, beleza, características históricas. E completa: “Tudo real e tudo funciona perfeitamente” , opinião compartilhada também por Patricia Amancio, da AM Travel, do Rio de Janeiro, que ainda lembra da vantagem de a República Tcheca não estar na Zona do Euro, mantendo preços menores em relação aos demais países que usam a moeda do bloco europeu.

Para Janice Magalhães Valle, da Valle Tours de Bragança Paulista (SP), especializada em grupos, “Praga é um destino cultural europeu mas diferente da Europa tradicional e é adequada a jovens, a adultos e também aos mais velhos porque tem atração para todos”.

Para Denise Pimenta, da Center Viagens de Porto Alegre, a cidade superou suas expectativas e ela, que já vendia o destino, agora está ainda mais segura nas vendas.

Para Kelly Neves, que já vinha vendendo o destino com boa procura, sua meta é convencer seus clientes a permanecerem mais dias na cidade e também oferecer outros destinos tchecos, visitando mais cidades e enriquecendo sua experiência em uma única viagem. E este também é o ponto de vista de Eduardo Barbosa que considera “um desperdício de investimento ficar apenas dois dias em Praga”. A atividades em grupo se encerraram com almoço no Hard Rock Café de Praga.

(por Mariuccia Ancona Lopez, assessora de comunicação da República Tcheca no Brasil)
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA