CVC reajusta operações até 10 de abril devido a cancelamentos

|



A CVC Corp, em virtude da COVID-19, está realizando ajustes nas programações de viagens pelo Brasil, entre 21 de março e 10 de abril, "seguindo o cenário de reduções de voos, de fechamentos de hotéis, suspensão de passeios e restrições de transito impostos por governos ao redor do mundo", disse a assessoria da empresa, procurada pelo Portal PANROTAS. Ou seja, com hotéis e resorts fechados e menos voos, não daria para seguir a programação previamente marcada. E não seria responsável incentivar viagens e depois não ter como trazer o cliente de volta se voos fossem cancelados ou restrições entrassem em vigor, como no caso do Rio de Janeiro e Santa Catarina.

A empresa também cancelou seus fretamentos e estuda, segundo apurou o Portal PANROTAS, medidas para reduzir a jornada e ganhos dos colaboradores durante a crise. Ainda não há decisão sobre isso.

"Nossas equipes já estão em contato com nossos clientes, mesmo para passageiros que ainda não cancelaram ou remarcaram as viagens, de forma que possam se programar para uma oportunidade futura e aproveitar a viagem de forma tranquila e segura".

Ontem, um site chegou a publicar que a CVC iria parar por 90 dias, o que foi desmentido hoje pela CVC e palo site. "A CVC tem operado normalmente e sua prioridade é com os clientes que estão retornando para o Brasil. Em relação à determinação de autoridades para o fechamento parcial ou integral de redes de comércio e serviços em localidades do País, a CVC esclarece que continua o atendimento aos clientes por meio da central de atendimento regional (https://lojas.cvc.com.br/)".

A empresa também tem incentivado a reacomodação dos clientes para datas futuras e outros destinos, evitando o cancelamento das viagens.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA