Agaxtur retoma atividades presenciais em nova sede, em Osasco (SP)

|


Agaxtur
Rogerio Lins, prefeito de Osasco, Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur Viagens, e Euds Ricardo, CEO da Connect TV
Rogerio Lins, prefeito de Osasco, Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur Viagens, e Euds Ricardo, CEO da Connect TV
Depois de vender a histórica sede da avenida Europa, em São Paulo, onde atuou por 34 anos, a operadora Agaxtur está de casa nova e com planos de expansão para o pós-pandemia. A empresa está se mudando para Osasco, na Grande São Paulo, e já a partir de julho prevê a volta do trabalho presencial, em modelo híbrido e flexível.

São muitas mudanças e novidades, que o presidente da operadora, Aldo Leone Filho, já fala em uma “nova Agaxtur”, mais slim, leve, tecnológica e moderna.

A nova sede administrativa operacional da Agaxtur vai ocupar os 550 metros quadrados do 25º andar de uma das duas torres do Pátio Osasco Open Mall. “Um dos motivos da escolha foi a facilidade de acesso para os colaboradores, de ônibus, trem ou carro, e todos os serviços oferecidos no mall, de academia à alimentação”, explica Aldo Filho.

Situada na avenida dos Autonomistas, 896, próximo das principais rodovias do Estado, como Castello Branco, Bandeirantes e ao Rodoanel, Agaxtur Viagens passa a dispor dos serviços das várias lojas instaladas no complexo. “A localização privilegiada, caracterizada por ser hub de transportes, favorece nosso projeto de crescimento planejado com a geração de empregos na região”, afirma o empresário.

Atualmente, a Agaxtur Viagens possui 62 franquias e atende a mais de duas mil agências de viagens em todas as regiões do País. “Nenhuma filial de atendimento às agências foi fechada na pandemia. Somos Highlander”, diz, bem-humorado, o presidente da empresa. Até o final de 2021, ele prevê expandir sua presença nas principais cidades do País. “A partir da inauguração da nossa nova sede administrativa operacional, vamos ampliar serviços de suporte comercial a todas as agências de viagens parceiras, com o firme propósito de fortalecer o setor de Viagens e Turismo no País como vetor estratégico para o desenvolvimento sustentável”, antecipa Aldo Leone Filho.

Outro motivo da mudança foi a hospitalidade de Osasco. O prefeito Rogério Lins tem investido na atração de empresas para a região e quer que o Turismo se uma a empresas como Uber, Mercado Livre, Dafiti, iFood, Conect TV, Wepress.club, Haven, Ambev, Track & Field, Camil, Rappi, entre outras.

PROJETO 2022/23
“Tecnologia a serviço de pessoas deve propiciar o atendimento personalizado, humanizado e baseado no papel social do Turismo”, defende Leone Filho, que renova a importância dos agentes de viagens frente à segurança e o bem-estar dos viajantes. “Cada vez mais, as viagens são percebidas como um importante vetor estratégico para o desenvolvimento sustentável e regenerativo. Por isso, também, a tendência é crescer a preferência de pessoas físicas e jurídicas pelos serviços confiáveis prestados por agentes de viagens”, conclui o CEO da Agaxtur.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA