Tomas Perez prepara holding e lança empresa para agentes associados

|

Divulgação
Jack Ezon, Julie Danziger e Tomas Perez
Jack Ezon, Julie Danziger e Tomas Perez
Já há alguns anos a Teresa Perez Tours, em especial seu CEO, Tomas Perez, vem sinalizando que pretende diversificar os negócios no Turismo e esta semana o empresário revelou parte do projeto, que é ter uma holding com empresas que tenham sinergia e se complementem. O objetivo é ter na holding todas as etapas da jornada do viajante: a Teresa Perez Tours, com as viagens de alto luxo, a nova Embark Beyond Brasil, também de luxo, mas voltada a agentes de viagens associados, e ainda uma empresa de tecnologia, que já tem o app Explore.It como âncora, uma operadora um degrau abaixo em relação ao padrão da Teresa Perez e uma consolidadora de bilhetes aéreos (mas Tomas Perez não gosta desse nome, então será uma empresa que cuidará de todo o aéreo do grupo, com o padrão Teresa Perez). E vale destacar ainda a primeira empresa aberta nesse nova onda de diversificação, a TP Corporate by LTN, criada no ano passado e voltada ao segmento corporativo.

A segunda empresa a sair do papel é a Embark Beyond Brasil, uma joint-venture com a Embark Beyond, baseada em Nova York e com escritório em Miami. A Embark Beyond foi lançada há poucos anos por Jack Ezon, Eli Ashear e Julie Danziger, figuras renomadas no segmento de viagens de alto padrão nos Estados Unidos.

O projeto, já iniciado com a contratação de Silvia Silva (sylvia.silva@embarkbeyond.com.br), que já trabalhou na Teresa Perez e que estava na Selections, é ser uma host agency (uma agência anfitriã) para uma rede de agentes de viagens independentes, ou associados, como será a nomenclatura na nova empresa.

Esses profissionais se associarão à Embark Beyond Brazil e passam a contar com as negociações exclusivas da nova holding (especialmente da Teresa Perez), com benefícios junto a fornecedores, treinamentos, estrutura de marketing e vendas e todo o apoio na jornada do passageiro. O modelo não é novo e a própria Teresa Perez já ensaiou um movimento nessa direção, mas a expertise da Embark Beyond, segundo Perez, somada ao prestígio e credibilidade da operadora brasileira que já soma três décadas, farão a diferença.

“A Embark Beyond identificou o mercado brasileiro como um local lucrativo para lançarmos nossa primeira incursão internacional”, disse Julie Danziger. “Pretendemos exportar nosso approach único para construir negócios estratégicos de viagens de luxo em um mercado que carece desse serviço.” Segundo ela, ao contrário dos Estados Unidos, há uma falta de cultura de host agency no Brasil.

Por lá, a grande maioria dos agentes e consultores de viagens trabalham nesse modelo. “Nosso plano de negócios, ferramentas de marketing e approach em relação ao posicionamento de luxo trouxe resultados de crescimento de 400% a 500% para nossos agentes associados na América do Norte”, conta a empresária.

Divulgação
Silvia Silva, primeira funcionária e líder da Embark Beyond Brasil
Silvia Silva, primeira funcionária e líder da Embark Beyond Brasil

META DE ASSOCIADOS

A meta para o Brasil é chegar a 50 associados em quatro anos, o que explicita que qualidade será o vetor para a seleção dos agentes independentes. Hoje a Teresa Perez tem uma rede de 650 agências de viagens que compram regularmente, mas os associados da Embark Beyond Brasil podem sair tanto dessa lista quando de apostas desconhecidas do mercado. “É preciso ter relacionamento, paixão pelo Turismo e dedicação”, afirma Tomas Perez. Nos Estados Unidos, a empresa tem 80 associados.

“Vimos que há uma oportunidade no cenário pós-covid no Brasil para oferecer a empreendedores brasileiros uma forma de ganhar mais dinheiro por meio de uma agência anfitriã inovadora e poderosa. E também, e mais importante, pelo privilégio de nos associar à mais respeitada e prestigiosa empresa de viagens de luxo no Brasil, a Teresa Perez Tours”, acrescentou Jack Ezon.

“Como muitos nesse setor, admiro a família Perez há décadas. A integridade e intransigência nos serviços fizeram dos Perez líderes no segmento de luxo ao redor do globo. Tomas Perez se tornou um homem de múltiplos negócios e juntamente com a Embark Beyond USA vê um novo horizonte no apoio e serviço dos consultores de viagens brasileiros.”

“Quando vimos a plataforma, soubemos que não havia no que pensar mais. Não há nada como as ferramentas e modelo da Embark Beyond no Brasil. Com eles vamos tornar os consultores associados mais eficientes, fazê-los ganhar mais dinheiro e olhar para seus negócios de forma proativa e estratégica, em vez de passiva e reativa”, declarou Tomas Perez.

A Embark possui um sistema próprio para reservas de aéreo e hotel e apresentou grande crescimento na pandemia, ajudando os associados a se posicionarem no mercado.

Marketing, treinamento e tecnologia serão os pilares da nova empresa, que conta com uma academia, a Embark Academy.
O lançamento oficial da Embark Beyond Brasil será entre outubro e novembro. Neste momento, Silvia Silva está montando a equipe e fazendo uma operação de soft opening com um associado. “Vamos traduzir todas as ferramentas (quanto à língua e nuances culturais) para trazer o que há de mais relevante ao mercado brasileiro”, disse a líder da Embark no Brasil. “É como um clube de associados, em que a host agency entra com a estrutura e a mentoria e os membros trocam experiências, se reúnem, criam novos laços”, explica Perez, que já tem a sede da Embark Beyond Brasil, na avenida Faria Lima, em São Paulo.

PANROTAS / Emerson Souza
Tomas Perez
Tomas Perez
HOLDING

Teresa Perez Tours, TP Corporate by LTN e Embark Beyond Brasil se juntarão a novas empresas que estarão sob o guarda-chuva de uma holding que está sendo criada.

“Estamos lançando essas empresas, mas também conversando com alguns players para possíveis investimentos”, diz Tomas Perez, que prefere ainda não dar detalhes sobre a consolidadora e uma possível nova operadora, que atenderia ao patamar abaixo da Teresa Perez. Novas áreas de investimento, que dialoguem com esse marketplace que está sendo criado, também estão no radar de Tomas Perez.

Um dos próximos lançamentos será a nova versão do Explore.It, app para os agentes de viagens, que integra todas as vendas e faz o gerenciamento da jornada do cliente.

“Teremos na holding especialistas para cada tipo de produto ou processo, em setores complementares”, resume Perez, que disse estar contente com os resultados da TP Corporate by LTN, mesmo sem a volta das grandes viagens internacionais, por questões de restrições dos países. A empresa vai levar grupos corporativos para a Expo Dubai e recebeu muitas oportunidades de negócios desde que foi lançada.

RETOMADA
Na Teresa Perez, segundo seu CEO, a retomada está chegando à medida que os destinos vão reabrindo. “No primeiro semestre vendemos as viagens de vacina, com quarentena no Caribe ou México e o tíquete média era altíssimo. Foram poucos viajantes, mas em um volume muito grande investido. Agora esse tipo de viagem diminuiu e vemos a retomada mais próxima da normalidade de antes da pandemia”, analisa.

Normalidade que tem seus gargalos, como a disponibilidade de voos e quartos de hotel e os preços nas alturas, afinal, seja de luxo ou não, o cliente tem uma percepção e expectativa de preço. E hoje esses preços podem estar três ou quatro vezes mais altos. “Planejem-se, não deixem para última hora. Teremos muito trabalho pela frente, mas vejo com bons olhos os próximos meses”, finaliza Tomas Perez.

Saiba mais sobre o projeto de associados da Embark Beyond Brasil com Sylvia Silva: sylvia.silva@embarkbeyond.com.br.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA