CVC Corp investe em voos exclusivos saindo do Rio de Janeiro

|

Divulgação
Bariloche, na Argentina, é um dos destinos com voos da CVC saindo do Rio de Janeiro
Bariloche, na Argentina, é um dos destinos com voos da CVC saindo do Rio de Janeiro
Como um dos principais mercados emissivos do Brasil, Rio de Janeiro volta a receber voos exclusivos da CVC Corp depois de dois anos, e também abre oportunidades para quem deseja empreender em franquias no Estado. A praça passa a contar com 45 mil assentos exclusivos até 2023, dos quais cinco mil são dedicados para embarques na alta temporada de julho, com operação iniciando no primeiro fim de semana do mês.

Partindo da capital carioca, serão cinco operações de voos exclusivos até julho de 2023, com saídas semanais rumo a Fortaleza (CE), Maceió (AL), Natal (RN), Navegantes (SC), Porto Alegre (RS) e, também, uma operação para Argentina, que retoma a temporada de inverno em Bariloche, com operações de voos exclusivos nos meses de julho e agosto de 2023. Essa será a primeira temporada pós-pandemia neste destino, que reabre para turistas estrangeiros.

“Os voos exclusivos oferecem vantagens adicionais aos nossos clientes, como bagagem de 23 quilos inclusa, além de traslados, hospedagens, passeios e assistência de equipe especializada in loco”, afirmou o diretor de Produtos Aéreos da CVC Corp, Vitor Megale. Adicionalmente, as marcas do grupo oferecem, para clientes finais e agências parceiras, desconto de 30% no pacote para o 2º passageiro para embarques em julho de 2023.

EXPANSÃO
A CVC também está abrindo oportunidades para quem deseja empreender. Atualmente, são 68 lojas no Rio de Janeiro, sendo que cinco foram inauguradas neste ano. O plano de expansão da marca prevê aberturas de lojas em 13 cidades do Estado, entre elas Angra dos Reis, Búzios, Campo dos Goytacazes, Mangaratiba, Paraty e a capital.

A companhia não cobra royalties nem taxa de franquia e o investimento é a partir de R$ 160 mil. Quem deseja abrir uma franquia da CVC, pode acessar este link para mais informações.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA