10 resoluções para as empresas de Turismo em 2022

|


Delta

1 –
Implementar, testar e estudar tudo o que possa simplificar, facilitar e eliminar o estresse para o viajante. São muitas regras, processos, protocolos e exigências. Muitas etapas e muita checagem em cada uma delas. Qualquer tecnologia que pule uma dessas etapas ou um mimo que alivie essa poluição de afazeres são mais que bem-vindos. FACILITE

2 – Em muitas empresas há menos funcionários e menos profissionais experientes e com expertise técnica nos cargos. Também há muito colaborador exercendo a função de dois, ou mais. O serviço, claro, vai cair inevitavelmente. Faça de tudo para que isso não ocorra. Pense em compensações, facilidades (uma vez mais) e flexibilidade, tanto para o cliente quanto para o colaborador. FLEXIBILIZE

3 – Diferenciação e personalização: o passageiro quer, a empresa precisa. Destaque, divulgue e faça que seu diferencial realmente...faça a diferença. Não dá para ser igual a todo o mundo, ainda mais depois de uma pandemia. Se é para ser igual, o preço vai falar mais alto. Mas se há serviço, instalações, produtos, localização, alimentação, marcas, parcerias, programas de fidelidade, tecnologia que agreguem valor e o diferenciem da massa, faça isso. Invista nisso. DIFERENCIE-SE

4 – Com mais serviço, mais foco no cliente e mais diferenciais, valorize seu trabalho. Não caia na (difícil?) tentação de entrar na guerra de preços. Confie no seu taco. E eduque o cliente a não procurar apenas preços baixo. VALORIZE-SE

5 – Escolha bem parceiros e fornecedores. Muitas vezes você vai perder a guerra de preço porque o fornecedor ou o dito parceiro está com preço melhor no site direto. Outras vezes vai perder por causa de diferenciais e facilidades, alguns que não estão a seu alcance. Mas em muitas outras vezes vai ganhar, fidelizando seu cliente, de tíquete médio maior, que valoriza os diferenciais e não o preço. E nessas horas, privilegia quem te privilegia. Simples assim. ESCOLHA AS PARCERIAS CERTAS

6 – Faça críticas, construtivas de preferência, baseadas em fatos, com argumentação bem definida e com dados. Não passe a mão na cabeça de governos, entidades ou empresas. Todos querem que o Turismo cresça e se desenvolva e a união (forçada que seja) não pode encontrar brechas. Portanto, se vir que algo pode melhorar, critique e sugira mudanças. Governos e entidades trabalham pelos cidadãos e por seus associados. Agora, se você está sonegando imposto ou não é associado... vá com calma. Critique, mas não se ache mais dono que o próprio dono ou os com direito por estatuto. COLOQUE A BOCA NO TROMBONE

7 – Divulgue-se mais, melhor e em multicanais. Essa história do segredo mais bem guardado do destino já não funciona mais. Ninguém quer chegar a um destino ou atração cheio de dúvidas. Ou sem se preparar. Mostre, nas redes sociais, sites e mídias, o que você oferece e quais seus posicionamentos. Há técnica e métricas para isso, mas também o seu DNA, a sua verdade, o seu propósito. Guie-se por esses últimos. EXPONHA-SE SEM MEDO

8 – Atenda o cliente, PE-LO A-MOR DE D E U S. Ter um SAC que não atende e não resolve ou um aplicativo que não te dá autonomia para mexer na reserva ou fazer reserva de produtos auxiliares é frustrar o cliente. Na altíssima temporada, pode até valer o ditado ultrapassado do “vai um, vêm mil (clientes)”, mas no dia a dia, o buraco é mais embaixo. E ter uma imagem de esnobe ou ineficiente ou desorganizado não é dos melhores atributos. ATENDA O CLIENTE

Maverick Helicopters
9 –
Aposte nos nichos. Nas bolhas de clientes que querem segurança e afinidade com quem está por perto. Especialize-se. Mostre que realmente a personalização ou a especialização na sua empresa são destaques. São levados a série. Pense na alimentação variada, nas opções de entretenimento... "Ahhh, mas todo mundo adora lambaeróbica..." Você já ofereceu algo diferente? Qual o seu menu para os clientes? TENHA UM MENU E NÃO "O QUE SEMPRE TEVE"

10 – Invista, incentiva e destaque a importância da diversidade. Quem achar que é mimimi pode sempre procurar as opções caretas, tradicionais e caquéticas de sempre. Tenha na diversidade de sua equipe e no respeito geral à diversidade e inclusão as provas de que você também respeita seu cliente. DIVERSIFICA E RESPEITA A DIVERSIDADE

EXTRA
11 – Nas viagens corporativas, foque no bem-estar e segurança do funcionário que está viajando. Ajude a combater o estresse, o desconforto, o cansaço com políticas flexíveis e humanizadas. Viajar traz mais negócios. Fato. CUIDE

E estamos falando apenas das metas possíveis e mais fáceis. Ao alcance da boa vontade de todos.

Feliz 2022 e abrace suas metas e causas. O Turismo, neste novo ano, precisa de mudanças e de continuar provando que é um dos motores da economia, até as autoridades acreditarem e nos apoiarem de fato.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA