Efeito millennial: turistas dos EUA estão mais aventureiros | Pesquisas e Estatísticas | PANROTAS
PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Efeito millennial: turistas dos EUA estão mais aventureiros

Pixabay
Os millennials dos Estados Unidos são mais aventureiros e isso tem influenciado na forma como os norte-americanos escolhem os destinos de suas próximas viagens. Segundo dados da Sociedade Americana de Consultores de Viagens (Asta), o número de viajantes do país que viajam para fora de seu país subiu 12 milhões em 17 anos.

Em 2000, 26 milhões de turistas norte-americanos cruzaram fronteiras em seu período de férias. No ano passado, essa quantidade saltou para 38 milhões – número similar à população total do vizinho Canadá.

“Os americanos estão se tornando mais intrépidos”, afirmou o presidente e CEO da Asta, Zane Kerby. “Eles estão subindo em aviões e indo para lugares longes do mundo ocidental”, continua. Ao todo, esses norte-americanos em solo estrangeiro gastaram US$ 145 bilhões em 2017 – mais que o dobro do acumulado em 2000. Por viajante, o gasto é próximo dos US$ 4 mil.

De acordo com a análise da Asta, a mudança também acontece no perfil do turista, migrando do homem de 45 anos que se planejava com 86 dias de antecedência para a mulher que faz planos desde 105 dias antes da partida.

Kerby também acrescenta que “millennials são a primeira geração que ao invés de ir para ver algo novo, querem ir para fazer algo novo”. A ânsia por experiência dessa geração, no entanto, ainda não reflete em mudança drástica nos dias de hoje. Para 64%, relaxamento ainda é um dos motivadores principais das férias; já 59% responderam que é o tempo em família que mais conta nesses dias.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA