PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Mulheres são maioria no Turismo, mas ocupam cargos menores


Filip Calixto
Flavia Matos, do Airbnb, Ana Clévia Guerreiro, do Sebrae Nacional, Mariana Aldrigui, da Fecomercio-SP, Marianne Costa, da Vivejar, e Alessandra Alonso, da Women in Travel
Flavia Matos, do Airbnb, Ana Clévia Guerreiro, do Sebrae Nacional, Mariana Aldrigui, da Fecomercio-SP, Marianne Costa, da Vivejar, e Alessandra Alonso, da Women in Travel
O que falta para a indústria aumentar a presença das mulheres no Turismo? O encontro Women in Travel chegou à WTM Latin America após eventos as edições da feira em Londres, Dubai e Cidade do Cabo. O objetivo do encontro é empoderar as participantes e promover networking, com orientações de carreira.

“Acreditamos que é importante dar mais espaço para as mulheres no Turismo e compartilhar experiências uma com a outra. Sobre a América Latina, as pesquisas revelam que a indústria de viagens possui 60% de mulheres no setor, mas a maioria não exerce o seu potencial e está em cargos mais baixos”, explica a fundadora da empresa social homônima, Alessandra Alonso.

“Neste cenário, apenas 20% das empresas pertencem às mulheres em todos os setores, um número muito pequeno. É necessário despertar o desejo das mulheres pelo empreendedorismo e podemos melhorar essa realidade."

Para ler todas as notas e ver mais fotos do evento, clique aqui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA