Viajantes chineses devem gastar US$ 375 bilhões até 2022

|


Pixabay
Informações foram divulgadas em relatório da Global Data
Informações foram divulgadas em relatório da Global Data
Os gastos de viajantes internacionais chineses devem aumentar de US$ 244 bilhões em 2018 para US$ 375 bilhões até 2022, uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 11,3%. As informações foram divulgadas pelo relatório Tourism Source Market China, da empresa Global Data.

Apesar do Turismo doméstico quase triplicar as despesas para 2022, a China continua sendo o maior mercado de origem no internacional. “Devido ao aumento do número da classe média, maiores rendimentos disponíveis e reduções no desemprego, as despesas de saída estão prontas para um rápido crescimento nos próximos anos. Somente para 2019 haverá um aumento de 9,7%, gerando US$ 268 bilhões”, explica a analista de Viagens e Turismo da Global Data, Johanna Bonhill-Smith.

A previsão é que o crescimento nas estadas de passageiros chineses desacelere nos próximos cinco anos. No entanto, esses turistas continuarão viajando internacionalmente com frequência. Segundo o relatório, as viagens de ida e volta aumentarão devido a melhores serviços aéreos e conectividade, ajustes na política de vistos e desenvolvimento contínuo de novos destinos.

Haverá cada vez mais interesse em experiências autênticas, refletindo um aumento nos gastos com entretenimento e passeios. “À medida em que as gerações mais jovens procuram formas de viagens que especializam-se em uma forma particular de Turismo, como o gastronômico, ecológico e cultural, elas estão dispostas a gastar mais em diferentes tipos de experiências."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA