PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Descubra quais serão os destinos mais visitados em 2025


Dreamstime
Bangkok ocupará o topo do ranking de destinos mais visitados
Bangkok ocupará o topo do ranking de destinos mais visitados
As viagens internacionais para os 300 principais destinos globais terão acréscimo de 173 milhões de turistas até 2025, segundo análise da Tourism Economics. E apenas em 2019 são esperados 630 milhões de visitantes internacionais nos destinos cobertos pelo banco de dados Global City Travel. A China será uma fonte chave para esse acréscimo, sendo responsável pelo adicional de 27 milhões de visitantes, o que representa quase uma em cada sete chegadas internacionais.

Os Estados Unidos e o Reino Unido aparecem na sequência como maiores fontes de viagens urbanas, adicionando um total de 25 milhões de turistas. Nos próximos seis anos, os norte-americanos representarão um em cada 11 viajantes e os britânicos, um em cada 17.

PRINCIPAIS DESTINOS
A expectativa é que Kuala Lumpur, na Malásia, suba significativamente entre as dez cidades com mais pernoites internacionais até 2025, tornando-se a sexta cidade mais bem classificada, acima de destinos estabelecidos como Nova York e Tóquio.

Espera-se também que Guangzhou, na China, e Istambul, na Turquia, cresçam no ranking, mas Londres continuará sendo o destino europeu mais visitado. Outros destinos da Europa como Paris, Roma, Barcelona, Praga e Dublin permanecerão entre as 25 principais cidades em 2025. Apenas para este ano, o gasto global com viagens ultrapassará novamente o volume de visitantes, atingindo US$ 1,5 trilhão (excluindo passagens aéreas).

Confira abaixo quais serão os principais destinos em 2025, considerando o número de visitas internacionais com pernoite:

1º - Bangkok, Tailândia (30,8 milhões)
2º - Hong Kong, China (27,2 milhões)
3º - Macau, China (26,8 milhões)
4º - Dubai, Emirados Árabes (22,4 milhões)
5º - Londres, Reino Unido (18,1 milhões)
6º - Kuala Lumpur, Malásia (17,1 milhões)
7º - Nova York, EUA (17 milhões)
8º - Tóquio, Japão (16,6 milhões)
9º - Shenzhen, China (16,1 milhões)
10º - Singapura (13,8 milhões)
11º - Paris, França (12,5 milhões)
12º - Roma, Itália (11,9 milhões)
13º - Istambul, Turquia (11,6 milhões)
14º - Guangzhou, China (10,6 milhões)
15º - Barcelona, Espanha (9,9 milhões)
16º - Osaka, Japão (9,7 milhões)
17º - Los Angeles, EUA (9,6 milhões)
18º - Cancun, México (9,2 milhões)
19º - Amsterdã, Holanda (8,8 milhões)
20º - Shanghai, China (8,8 milhões)
21º - Orlando, EUA (8,3 milhões)
22º - Dublin, Irlanda (7,9 milhões)
23º - Praga, República Tcheca (7,9 milhões)
24º - Tehran, Irã (7,8 milhões)
25º - Mecca, Arábia Saudita (7,7 milhões)
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA