Adesão ao selo do MTur ainda está em 21% entre hotéis, diz pesquisa

|

Unsplash/Ashwini Chaudnary
Estudo mensura a adesão ao selo lançado pelo MTur
Estudo mensura a adesão ao selo lançado pelo MTur
Lançado há mais de dois meses
, o selo "Turismo Responsável Limpo e Seguro", do MTur (Ministério do Turismo) ainda está longe de ser unanimidade entre os meios de hospedagem espalhados pelo Brasil. É o que aponta uma recente pesquisa realizada pelo curso de Turismo da UFPB (Universidade Federal da Paraíba). De acordo com o levantamento, quando analisado o âmbito nacional em estabelecimentos que constam no Cadastur, a aderência do selo é de apenas 21% da oferta.

O estudo foi liderado pelo professor Thyago Albuquerque e leva em consideração dados divulgados pelo próprio governo federal, tanto sobre a adesão ao selo como também sobre o Cadastur.

Segundo informa o relatório, os 21% que aderiram ao projeto representam 3,1 mil meios de hospedagem entre os 14,8 mil cadastrados na plataforma. A maior parte deles está em cinco Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e Santa Catarina. Somadas, essas regiões reúnem 1,8 mil dos estabelecimentos que atuam em conformidade com o selo.

Na análise de proporcionalidade, no entanto, são outras as regiões com melhor adesão. Considerando o tamanho da oferta cruzando isso com os empreendimentos adeptos, os melhores índices estão em Alagoas (38%), Rio Grande do Norte (34%), Piauí (34%), Distrito Federal (32%) e Bahia (28%).

Também nessa análise por Estado, a universidade reconstruiu o mapa brasileiro e o dividiu em categorias, conforme é possível ver na figura abaixo. As cores revelam o nível de adesão. Em verde escuro estão os Estados com adesão acima de 30%, entre 21% e 30% estão em verde claro. Entre 11% e 20% os Estados estão em amarelo. Em vermelho estão os que tem adesão abaixo de 10% e em branco os Estados sem adesão.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA