Brasileiros tendem a viajar mais barato na retomada, diz Ibope

|


Reprodução / Pixabay

Apenas um quarto dos 55% de brasileiros que pararam de viajar durante a pandemia já realizou uma ou mais viagens (12%). Ibope e C6 Bank, em parceria, fizeram uma pesquisa com dois mil brasileiros das classes A, B e C com acesso à internet e de todas as regiões. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Outro índice dá conta que 71% dos brasileiros farão viagens de baixo custo nos próximos seis meses, uma vez 38% pretendem fazer viagens mais baratas do que as anteriores e 33% manter as viagens econômicas de sempre. Por outro lado, 14% pretendem gastar mais do que a média com viagens nos próximos seis meses. O restante não sabe dizer quanto gastará.

CARRO LIDERA COMO MODAL
Dos dois mil respondentes, 36% terão o carro como principal modal de viagem nos próximos seis meses. 15% viajarão de avião domesticamente e 4% voarão internacionalmente.

Os números revelados pela pesquisa reforçam dados da Anac, que indicam queda de 90,7% na demanda por voos internacionais em setembro – último dado atualizado – em relação ao mesmo período do ano passado.


QUASE METADE DO PAÍS NÃO SABE OU NÃO VIAJARÁ
Nos próximos seis meses, 21% dos brasileiros não viajarão a lazer, enquanto 25% não tem certeza sobre os planos de deixar suas casas para curtir uns dias fora.

Entre os entrevistados, 30% afirmaram que já não costumavam viajar antes da pandemia e seguiram sem viajar, 6% disseram que passaram a viajar mais de carro tanto a turismo quanto a trabalho, 12% diminuíram a quantidade de viagens, mas já voltaram ao normal, e 43% diminuíram ou pararam de viajar e ainda não retornaram à normalidade.




 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA