WTTC destaca a importância da tecnologia no processo de viagem

|

Pixabay
A Amadeus revelou que a tecnologia será fundamental para aumentar a confiança dos viajantes
A Amadeus revelou que a tecnologia será fundamental para aumentar a confiança dos viajantes
Em seu novo relatório com diretrizes globais para uma viagem segura, o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) enfatiza a necessidade de uma ação rápida para a implementação da identidade digital do viajante e a capacitação de vários setores em apoio à recuperação do Turismo. O Safe & Seamless Traveller Journey (SSTJ) visa permitir uma viagem completa e segura, com identificação por meio da biometria em cada etapa da viagem, substituindo as verificações manuais.

O WTTC já havia reconhecido a necessidade da tecnologia sem contato integrada como uma tendência emergente nas viagens. A covid-19 se tornou apenas um catalisador para tecnologias sem toque, que contribui para minimizar o contato físico. De acordo com uma recente pesquisa da Amadeus, a tecnologia será fundamental para aumentar a confiança dos viajantes e contribuir com a recuperação do setor. Isso porque mais de quatro em cada cinco viajantes (84%) dizem que a tecnologia aumentaria sua confiança para viajar nos próximos 12 meses.

No entanto, a iniciativa requer que os setores público e privado unam forças para impulsionar as mudanças que o WTTC prevê e incentivar a adesão aos padrões globais. O relatório destaca a necessidade de coordenação internacional e intersetorial para remover as barreiras de viagens e construir a confiança do viajante, fatores que são essenciais para a sobrevivência do setor.

"O novo relatório do WTTC chega em um momento em que o setor está lutando para se manter. Acreditamos que o Safe & Seamless Traveller Journey não será fundamental apenas para ajudar na rápida recuperação do setor, mas também para moldar o novo padrão de viagens nos próximos anos. Esta importante iniciativa permite a mobilidade e aumenta a segurança e proteção, sempre colocando o passageiro no centro. Não há dúvida de que é necessária uma coordenação internacional, por isso nossas diretrizes visam trazer clareza a um processo de recuperação que foi desarticulado e confuso. Esperamos que isso, junto com nossas outras diretrizes, ajude a aumentar a confiança do consumidor", disse a presidente e CEO do WTTC, Gloria Guevara.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA