Turismo cresce 18,6% em julho e impulsiona e-commerce

|

Getty Images
Turismo cresce 18,6% em julho e impulsiona e-commerce
Turismo cresce 18,6% em julho e impulsiona e-commerce
Com 1,73 bilhão de acessos em julho, o e-commerce nacional cresceu 4,58% em comparação com o mês anterior, de acordo com dados do Relatório Setores do E-commerce no Brasil, produzido e divulgado mensalmente pela agência Conversion. O setor de Turismo contribuiu para o impulsionamento de toda essa indústria.

O mercado, que foi impactado pela diminuição das vendas, viagens canceladas ou adiadas sem uma previsão definitiva, esteve em queda por muitos períodos durante a pandemia. Contudo, no levantamento deste mês, é possível notar importantes sinais da retomada do setor, sendo o principal responsável pelo aumento de acessos no mês.

O segmento de Viagens e Turismo cresceu sozinho 18,61%, impulsionando toda a indústria de e-commerce e trazendo perspectivas um pouco mais precisas da movimentação econômica e de interesse da população em retornar os hábitos de viagens, por exemplo. O player líder da categoria é o Booking.com, seguido do Hurb e 123 Milhas.

Divulgação
SEGUNDO SEMESTRE
Dados da CNC mostram que o setor de Turismo sofreu uma queda de 36,6% em 2020, mas a perspectiva de recuperação é positiva para os próximos meses de 2021 e em 2022 também. Segundo o fundador da Conversion, Diego Ivo, as buscas dos usuários na internet refletem uma possível tendência para o segundo semestre deste ano.

“Com a pandemia, os brasileiros mudaram muitos hábitos e comportamentos, mas o desejo de viajar permanece. Por isso, com a vacinação acontecendo em todas as cidades do País, é possível prever uma retomada do Turismo de forma positiva, recuperando-se economicamente das baixas do ano passado”, afirma.

Logo, esse crescimento do setor já no primeiro mês do segundo semestre de 2021 mostra que, com o avanço no ritmo da imunização e, consequentemente, a diminuição dos casos de covid-19 no Brasil, os hábitos de viagens dos brasileiros tendem a voltar como antes ou até mais impulsionados.

De acordo com pesquisa realizada em âmbito nacional e disponibilizada no relatório da Conversion, após a pandemia e/ou vacinação, 91% dos entrevistados pretendem fazer alguma viagem a turismo, reforçando a expectativa para a indústria.

O estudo destacou também que 78% dos brasileiros pretendem viajar de avião após tomarem a segunda dose da vacina ou completar a imunização. Ainda, 31% dos participantes afirmam que irão viajar mais do que antes da pandemia, quando for possível.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA