Seychelles lança projeto para incentivar Turismo responsável

|

Divulgação/STB
O lançamento foi marcado por uma cerimônia de plantio de árvores nos jardins da Maison Quéau de Quinssy, em Seychelles
O lançamento foi marcado por uma cerimônia de plantio de árvores nos jardins da Maison Quéau de Quinssy, em Seychelles
O Escritório de Turismo de Seychelles (STB) acaba de lançar um projeto inédito com a plataforma internacional on-line Global Impact Network, com o objetivo de incentivar o Turismo responsável e inspirar os visitantes a realizar ações sustentáveis, compartilhar suas histórias e acompanhar o progresso global para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Mantendo o foco ecológico, a comunidade das ilhas Seychelles adotou quatro pilares na plataforma Global Impact Network: defesa, limpeza da praia, plantio de árvores e produtos locais.

Os viajantes serão estimulados a resolver coletivamente desafios ambientais, sociais e econômicos, gerando um impacto positivo no país. A plataforma digital permite que seus usuários rastreiem, avaliem e apresentem as ações sustentáveis realizadas durante a viagem a Seychelles por meio de desafios divertidos sobre questões do mundo real. À medida em que for completando os desafios, o turista é rankeado na plataforma e consegue ter em números e estatísticas o quanto a sua ação contribuiu positivamente para transformas Seychelles e o seu próprio estilo de vida.

O lançamento foi marcado por uma cerimônia de plantio de árvores nos jardins da Maison Quéau de Quinssy e realizada pelo ministro das Relações Exteriores e Turismo, Sylvestre Radegonde; pela CEO do Escritório de Turismo de Seychelles (STB), Sherin Francis; e pela CEO e fundadora da Global Impact Network, Tatiana Sharpe.

"Como destino orgulhoso de sua consciência ambiental, esta iniciativa é uma oportunidade para encorajarmos nossos visitantes a se engajarem em atividades que promovam o desenvolvimento sustentável. Queremos que eles sejam agentes de impacto e se tornem embaixadores de Seychelles quando retornarem para suas casas, contando ao mundo como nossa pequena nação está lutando contra a crise ambiental global que o mundo está enfrentando", disse a CEO do STB.

Tatiana Sharpe comentou que crescer no Zimbábue a deixou exposta à pobreza e à injustiça social desde jovem e essa situação alimentou seu desejo de causar um impacto positivo em sua comunidade e no mundo. "Global Impact Network é a primeira rede de impacto social do mundo que rastreia, mede e mostra impactos positivos para o desenvolvimento sustentável. Uma ferramenta que capacita cidadãos, organizações e governos a mudar o mundo. Antes de estudar na Universidade de Stanford, foi aqui em Seychelles que tive a ideia da Global Impact Network. É lindo ver o círculo completo. Voltar e lançar o projeto aqui em Seychelles. Acredito que as ilhas Seychelles estão dando um passo na direção certa", afirmou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA