Movida

Victor Fernandes   |   05/10/2023 14:35

Giuliana Morrone: "ESG não tem solução pronta"

Jornalista afirmou em evento da Star Alliance que é preciso olhar o todo quando se trata do tema


PANROTAS / Emerson Souza
Jornalista fez apresentação em evento da Star Alliance em São Paulo
Jornalista fez apresentação em evento da Star Alliance em São Paulo

Em encontro da Star Alliance e gestores de viagens corporativas, a jornalista Giuliana Morrone foi convidada para fazer palestra sobre ESG e abordou os desafios da aviação, e do mundo como um todo, ao aplicar práticas de sustentabilidade, governança e diversidade. "É preciso compreender o assunto e sua importância, para então aplicar práticas efetivas de ESG", defendeu.

Com um nível de consumo global que não diminui e empresas que seguem com modelo de negócios que abusa de recursos naturais, Giuliana afirmou que não existe uma fórmula pronta de práticas ESG e é preciso "olhar o todo" quando se trata do tema. "Não adianta só eu estar aplicando ESG. Meu fornecedor também deve estar, assim como o fornecedor do meu fornecedor. E assim por diante", afirmou.

Aviação Sustentável

Na aviação, o desafio é ainda maior, já que para um avião decolar é preciso emitir gases poluentes. No entanto, o setor está se organizando para que empresas aéreas cheguem em 2027 com redução de 1% da emissão de CO2 e cheguem em 2037 com redução de até 10% com o uso do SAF (combustível de aviação sustentável).

A produção do SAF, no entanto, ainda é um obstáculo para a aviação. "Se todas as empresas aéreas aqui presentes resolvessem usar SAF, não tem disponível. O combustível de aviação sustentável não é produzido nesse volume ainda. A solução não é tão fácil assim", explicou Giuliana, que citou e elogiou os esforços da Lufthansa na produção do combustível.

Pilares para ESG

No final de sua palestra, a jornalista também citou cinco pilares que empresas precisam adotar para ter um programa de ESG eficiente. São eles:

  1. Equidade
  2. Integridade
  3. Sustentabilidade
  4. Responsabilização
  5. Transparência

Na ocasião, a Star Alliance também convidou gestores de viagens corporativas a participar do seu programa Corporate Plus.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias