Movida

Bruno Hazov   |   26/12/2023 16:50   |   Atualizada em 26/12/2023 18:59

O que os 100+ Poderosos têm a dizer sobre ações de ESG?

Parte 3 do pensamento dos 100+ Poderosos sobre Governança ambiental, social e corporativa

Getty Images/Tanarat Kongchuenjit
100+ Poderosos do Turismo falam sobre suas políticas de Governança ambiental, social e corporativa - ou ESG, no inglês
100+ Poderosos do Turismo falam sobre suas políticas de Governança ambiental, social e corporativa - ou ESG, no inglês

O ranking dos 100+ Poderosos do Turismo, publicado na edição 1.568 da Revista PANROTAS, trouxe a visão dos principais executivos do segmento do Turismo sobre o tema Governança ambiental, social e corporativa - ou ESG, no inglês. A todos os executivos entrevistados, foi feita uma mesma pergunta: "Sob sua liderança, quais são as ações de sua empresa sobre diversidade, inclusão e sustentabilidade?"

Confira a seguir a Parte 3 sobre o que os principais Poderosos do Turismo brasileiro pensam e fazem nas questões ESG de suas empresas. Leia também a Parte 1 e a Parte 2.

Jurema Monteiro - Abear

O mais importante aqui é que a gente tenha, de fato, ações. E hoje a Abear é signatária de um acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) para equidade de gênero. O objetivo desse programa é que 25% dos cargos de liderança na aviação sejam ocupados por mulheres. Na Abear nós já superamos esta meta desde a entrada no programa. Perseguir isto é um desafio para todos. Na pauta de sustentabilidade defendemos a importância do Brasil se destacar no desenvolvimento de combustíveis sustentáveis alternativos para a aviação. Essa é sem dúvida a nossa principal missão para 2024.

Marco Ferraz - Clia Brasil

Não é de hoje que esses são temas centrais na indústria de cruzeiros. 90% das mulheres que trabalham no setor marítimo atuam na indústria de cruzeiros. A Clia também está atuando e investindo para alcançar a meta de reduzir as emissões de carbono em 40% até 2030, comparado com 2008, e de zerá-las até 2050, com ações que vão da estrutura dos navios, passam pela gestão inteligente dos destinos e chegam até à conexão com fornecedores que tenham a sustentabilidade como prioridade. O trabalho também inclui pesquisas e buscas por combustíveis marítimos sustentáveis, incluindo biocombustíveis, combustíveis sintéticos, metanol, amônia, hidrogênio e baterias, e o uso do gás natural liquefeito (GNL), o mais sustentável existente na atualidade, como combustível de transição. Mas a atenção do setor está em todos os detalhes da operação, desde o design e pintura dos navios, até o uso de lâmpadas LED, sistemas de ar condicionado mais eficientes, portas internas com sistema de abre-fecha, vidros escurecidos, sistemas de tratamento de água tão evoluídos quanto os melhores existentes em terra, além da reciclagem a bordo que atinge volume de 100% do que é consumido a bordo, e o trabalho para que os navios possam se conectar à eletricidade nos portos. Para a indústria de cruzeiros, o meio ambiente, a saúde e a segurança das pessoas, e o compliance sempre estarão em primeiro lugar.

Adriana Fredericce - Diversa Turismo

Diversidade, Inclusão e sustentabilidade fazem parte da cultura do Grupo Arbo. Estão presentes em todas as empresas do grupo e não somente na Diversa Turismo. A Diversa inclusive é membro da IGLTA e possui uma área de produtos dedicada à Diversidade, com curadoria própria de produtos dedicados. Recentemente iniciamos um trabalho ESG, certificado pela Greener. Onde todos os gastos ambientais do Grupo Arbo são compensados na neutralização de carbono. Este projeto é liderado por Charles Franken. Além disso, também apoiamos o Turismo Sustentável por meio da ONG Garupa, já citada ao lado.

Arnaldo Franken - Grupo Arbo

Trabalhamos dia a dia pela Diversidade, Inclusão e Sustentabilidade. Isso está no DNA do Grupo Arbo, e são fatores inegociáveis. Como exemplos, somos certificados pela Greener por neutralizar o carbono em nossas operações. A Diversa, nossa operadora de Turismo, é membro da IGLTA (Associação Internacional de Turismo LGBTQIA+), disponibilizando uma linha de produtos exclusiva. E apoiamos o Turismo Responsável como mantenedores da ONG Garupa, um de nossos maiores orgulhos. Por meio das Expedições Garupa, a ONG já beneficia mais de 5 mil pessoas em comunidades indígenas do Mato Grosso, Amapá e Amazonas.

Ana Carolina Feitosa - Masterop Operadora

A Masterop Operadora é reconhecida como uma empresa inovadora, comprometida em valorizar seus agentes de viagens e colaboradores. Implementamos ações que promovem e incentivam a constante qualificação de nossa equipe. Nosso compromisso com a diversidade é evidente, buscando a inclusão de minorias e formando uma equipe diversificada e qualificada, o que se traduz em eficiência e criatividade. Além disso, realizamos ações de conscientização, como campanhas informativas sobre temas relevantes, incluindo outubro rosa, novembro azul, e apoio a instituições sem fins lucrativos. Adotamos também práticas de reconhecimento, como bonificações e incentivos, criando um ambiente de trabalho que valoriza a eficiência e a qualidade dos projetos desenvolvidos por nossa equipe. Estamos em constante busca por ações que fortaleçam nossa posição como uma empresa inovadora e comprometida com o bem-estar de nossos colaboradores e agentes de viagens.

Ana Maria Berto - Orinter

Sob minha liderança, a empresa sempre priorizou a diversidade por meio de políticas inclusivas, na contratação de pessoas promovendo a equidade de gênero, raça e orientação sexual além da implementação de práticas de apoio aos nossos clientes, como criar produtos exclusivos para a comunidade LGBTQIA+ , Turismo Afro, além de termos conquistado o selo "Empresa Amiga do Autista" e com isso pudemos proporcionar em parceria com profissionais do setor, treinamento para funcionários, clientes e fornecedores para que tenham uma excelência no atendimento desse público.

Danielle Meirelles - FRT Operadora

Como líderes, promovemos ativamente a celebração da diversidade das pessoas em todas as nossas práticas e iniciativas. Acreditamos firmemente que o Turismo pode ser para todos. Nossa empresa tem se dedicado a criar um ambiente inclusivo em nossos destinos, focando em oferecer experiências que sejam acessíveis e acolhedoras para todos os viajantes. Valorizamos a pluralidade e trabalhamos para garantir que cada pessoa, independentemente de suas origens ou identidade, se sinta bem-vinda e tenha oportunidades de explorar o mundo ao seu redor. Além disso, comprometemo- -nos a adotar práticas sustentáveis que preservem os destinos para as futuras gerações, garantindo que todos possam desfrutar das maravilhas do Turismo por muitos anos.

Fabio Godinho - CVC Corp

Temos o REprograma CVC Corp, que é a estratégia de ESG da companhia e que seguimos as ações e lançamos recentemente nosso Relatório de Sustentabilidade 2022, o segundo da história da empresa, compilando os principais avanços nesse sentido. Voltamos, por exemplo, com o Reconecta, nosso programa de voluntariado, que, nesse momento, conta com apoio de todos os nossos colaboradores para ações em prol de entidades assistenciais especialmente da cidade de Santo André (SP), onde a CVC, desde 1972, mantém seus principais escritórios corporativos. Outro grande projeto que estreamos em setembro e que envolve diretamente a inclusão é o Passaporte Franquia, maior programa de empregabilidade do Turismo, onde reunimos todas as oportunidades de emprego na rede de lojas CVC em todo o País, facilitando para que os interessados em trabalhar em uma loja CVC tenham a oportunidade de se candidatar e participar do processo seletivo. No programa, bem como em todas as vagas que abrimos, diversidade e respeito são a nossa bandeira e todos são bem-vindos na companhia, independentemente de gênero, cor, orientação sexual ou idade. E falando em grandes inspirações, aqui também temos parceiros especiais como a Vocação (instituição dedicada a preparar jovens para o mercado de trabalho, egressos em programas de formação de Jovem Aprendiz em áreas de Varejo e Atendimento ao Cliente) e a Gerando Falcões (instituição para inclusão dos Jovens Falcões no mercado de Turismo).

Fabio Mader - CVC Corp

Em linha com o REprograma CVC Corp, a área de Produtos consegue apoiar muito na frente ESG, especialmente sensibilizando fornecedores ou mesmo entendendo como podemos apoiar boas práticas já realizadas por eles. A ideia é reforçarmos cada vez mais nossas parcerias estratégicas envolvendo ações efetivas em ESG. Com relação a sensibilizar fornecedores, destaco a Capacitação em Turismo Responsável, que realizamos em parceria com o SENAC. A capacitação foi direcionada para nossas empresas parceiras em Turismo Receptivo no Brasil, para a equipe interna de Produtos e para voluntários do Reconecta (que atuam nas frentes de Educação e Meio Ambiente). Foi uma ação muito importante para conscientizar não só o nosso time, mas também esses parceiros tão importantes que recebem e atendem nossos clientes in loco. Ou seja, ESG está e permanecerá na nossa estratégia.

Rogério Mendes - CVC Agentes

As melhores práticas de ESG estão no radar de toda a empresa. No Canal Agências, que faz contato direto com mais de oito mil agências de viagens em todo o País, também conseguimos sensibilizar nossos parceiros para que estejam atentos ao tema. Entendo que temos aqui, enquanto maior operadora de viagens do País, um papel bastante abrangente com todos os nossos públicos. No caso dos agentes, além de tratar sobre a importância da sustentabilidade, diversidade e inclusão, também fazemos o papel de apoiá-los a empreender, aproveitando a expertise da empresa que mais entende de viagens e com o maior portfólio e capacidade de distribuição. É um assunto amplo, em que podemos atuar de diversas formas, e que sempre fará parte das nossas decisões.

Gabriel Cordeiro - BWT Operadora

Acreditamos que a diversidade, inclusão e sustentabilidade são essenciais para o sucesso de qualquer empresa. Sob minha liderança, nossa empresa está comprometida em promover esses valores em todas as suas operações. E o resultado dos nossos esforços têm aparecido em forma de reconhecimento. O mais recente foi o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade. Uma condecoração que nos incentiva a continuar trabalhando para reduzir nosso impacto ambiental e seguir investindo em tecnologias e práticas sustentáveis para reduzir nossa pegada de carbono e proteger o meio ambiente. Em termos de diversidade, estamos trabalhando para criar um ambiente de trabalho inclusivo onde todos se sintam bem-vindos e respeitados, independentemente de sua raça, etnia, gênero, orientação sexual, religião ou deficiência. Estamos investindo em programas de treinamento e conscientização para ajudar nossos funcionários a entender e apreciar a importância da diversidade.

Giulliana Mesquita - Azul Viagens

A Azul tem trabalhado bastante nestes três pilares em suas ações como empresa, refletindo em todas suas unidades de negócio, inclusive na Azul Viagens. Além disso, trabalhamos como um de nossos valores o respeito e empatia ao próximo, que acreditamos ser a base de qualquer relacionamento. Quando falamos de sustentabilidade e desenvolvimento socioeconômico, destaco o apoio da Azul Viagens ao case que desenvolvemos junto com a Paraíba e a Luck Receptivo para a criação de um roteiro integrado pelo interior do Estado, que tem como foco – além da criação de novos destinos – desenvolver toda a cadeia produtiva desta região.

Márcio Nogueira - Hoteldo

No Grupo Decolar, do qual a HotelDO faz parte, trabalhamos com políticas de recrutamento inclusivas, garantindo que candidatos de diferentes origens e experiências sejam considerados de maneira justa e equitativa. Além de implementarmos políticas que promovam a flexibilidade no local de trabalho para garantir um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal.

Renata Yano - Teresa Perez Tours

Desde a sua criação, a Teresa Perez possui uma cultura de valorização da diversidade, em aspectos diversos - culturais, religiosos, de orientação sexual, etnia etc. Essa mesma cultura foi replicada nas demais empresas do TP Group.

Renato Alves e Renato Kido- Viagens Promo e Viagens Corp

Alves: Na ViagensPromo buscamos criar um ambiente leve, saudável e totalmente aberto para a diversidade e inclusão. Aqui, todos são respeitados e respeitam os demais, independentemente das diferenças. Acreditamos que esse intercâmbio de vivências e afinidades é algo que nos fortalece ainda mais. Além disso, prezamos muito tanto pela igualdade salarial entre pessoas de cargos equiparados, como pela igualdade de gênero.

Kido: As pessoas são o bem mais valioso que uma empresa pode ter. Logo, construir ações que possam melhorar a qualidade de vida de cada um deles é primordial para o sucesso. Não há progresso em um espaço de trabalho onde todos estão infelizes e descontentes. Por isso, é preciso construir um ambiente sólido, diverso, equilibrado e pautado pelo respeito, onde exista igualdade de gênero e paridade salarial.

Ronnie Corrêa - Abreutur

A base para evoluirmos em todos os temas citados é o respeito. Quando respeitamos as pessoas e não deixamos que isso interfira no trabalho e nas oportunidades, estamos fazendo a nossa parte. Aqui na Abreu respeitamos as pessoas pelos profissionais que são e não pelas preferências religiosas, de gênero, raça ou qualquer outro ponto que diga respeito apenas para eles.

Helvécio Garofalo - Grupo Confiança

Além dos programas de ajuda às instituições locais que atuam no auxílio de crianças carentes e preparação de jovens para o mercado de trabalho, temos já implantado o programa de menor aprendiz, com vagas a mais do que o exigido por lei. Estamos em estudo de um projeto para inclusão de mais vagas para deficientes físicos. E uma ação que muito nos orgulhou foi quanto ao programa de compra de SAF que acabamos de assinar com a Lufthansa, na área de Sustentabilidade.

Juarez Cintra e Juarez Neto - Ancoradouro

O Grupo Ancoradouro (Ancoradouro Consolidação e Mondiale Operadora) conta hoje com 208 colaboradores, sendo 110 mulheres e 98 homens. Para nós, estes números evidenciam a inclusão que há na empresa. O que importa, na nossa visão, é o ser humano, independentemente sexo, raça ou ideologia. A eficiência operacional desta equipe é incrível. Com isso, conseguimos reverter e cuidar muito melhor dos nossos colaboradores.

Luciano Guimarães - BeFly

Uma das ações mais importantes sob minha liderança é a assinatura do Pacto Global da ONU, no qual firmamos compromissos importantes, com ODSs Elas Lideram, Movimento Mente em Foco e Ambição Net Zero. Desde então estamos focados em atingir esses objetivos de igualdade de gênero, diversidade e inclusão. Já temos 42% de mulheres em cargo de liderança na BeFly, iniciamos o trabalho de Censo de Diversidade, Inclusão e Equidade, além da nossa política de Direitos Humanos. No Net Zero, já compensamos mais de 432 toneladas de carbono provenientes das nossas emissões diretas e indiretas e mantemos uma floresta com 1,5 mil árvores a qual neutralizamos nossos eventos internos. Lançamos o projeto corporativo de neutralização de carbono dos nossos clientes e utilizamos energia de fonte renovável na Sede do Futuro em SP. Fazer parte da construção de projetos como esse é algo que me inspira como líder.

Wagner Chaves - Sakura Consolidadora

Desde sempre, aqui na Sakura, nós buscamos criar um ambiente diverso e confortável para todos. Buscando sempre contratar profissionais excepcionais, independentemente de qualquer questão. E, nos últimos anos, pudemos olhar para esses temas com mais empenho, mudando o olhar e criando oportunidades para os mais diversos modos de ser. A intolerância não tem espaço na Sakura. Quando falamos em sustentabilidade, nós fazemos um grande esforço para sempre encontrar soluções sustentáveis e amigáveis ao meio-ambiente. Na Sakura, buscamos utilizar apenas itens recicláveis nos nossos escritórios, diminuímos desperdícios que, hoje, não fazem sentido algum e fazemos campanhas solidárias mensais com nosso time de colaboradores. Além, é claro, de trabalhar em conjunto com grandes empresas, nossas parceiras, que têm a sustentabilidade como guia.

Elvio Lupo - Localiza

O Programa de Diversidade e Inclusão da Localiza&Co é uma iniciativa coletiva que engaja lideranças, sensibiliza equipes, amplia escuta aos grupos e promove ações voltadas para as cinco frentes de atuação: equidade de gênero, LGBTI+, pessoas com deficiência, migrantes e pessoas em refúgio, raça e 50+. Já em seu terceiro ano de existência, o programa consolidou-se como um promotor de uma cultura de respeito, de criação de ambientes de segurança psicológica e de oportunidades iguais.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias