TECNOLOGIA

Como elevar a importância de uma pequena agência na internet


Filip Calixto
Alberto Martins, diretor da B4TComm
Alberto Martins, diretor da B4TComm
PORTO ALEGRE - Ter um conteúdo relevante no meio on-line é mais simples e pode ser mais barato do que agências de viagens, inclusive de estrutura enxuta, imaginam. Diretor da B4TComm, Alberto Martins conta um pouco dessa história aos agentes gaúchos durante este Next Porto Alegre.

Uma das dicas é, sim, impulsionar destinos e vantagens da sua agência por meio de influenciadores, mas ao invés de desembolsar grandes quantias com os mais populares instagrammers, buscar os chamados "nanos ou micro influenciadores" que, embora tenham número reduzido de seguidores, podem ter uma audiência qualitativa.

"Todos querem a Gabriela Pugliesi, mas muitas vezes ela dá tiro de canhão para matar pássaros, pois os seguidores dela nem sempre estão interessados em seu conteúdo naquele momento. Já os de menor porte podem trazer taxa de conversão maiores. Há blogs e influenciadores nichados, que falam sobre um tipo específico de produto, de destino, de modelo de viagens...", indica Martins. "A um preço bem mais acessível."

O diretor da B4TComm, que recentemente lançou, com a PANROTAS, a pesquisa “Quem são os influenciadores digitais do Turismo”, reforça a importância de mostrar que existe uma equipe competente por traz de cada viagem, algo que muitas vezes não é muito claro para quem olha o negócio de fora. E isso é independente de quem transmite a mensagem, seja influenciador, seja o próprio agente em sua rede, afinal "vocês também são influenciadores digitais", diz ele ao público do Next Porto Alegre.

Filip Calixto
Investir em blogs também é importante, desde que esses blogs tenham conteúdo e mídia agradáveis e sejam frequentemente atualizados. "Muitas vezes o conteúdo de redes sociais acaba sendo temporário, o usuário dá ali sua curtida e nunca mais o vê. Nos blogs, sua relevância no Google aumenta, e o Google definitivamente é a fonte primária de um consumidor que busca novas viagens e produtos", aponta o especialista. "Palavras-chave, neste caso, são fundamentais, para que a pesquisa do consumidor caia no seu conteúdo."

Ele reforça a existência de plataformas como a Wordpress, que é mais fácil do que se imagina para criar um blog, além de buscar uma assessoria de imprensa especializada "que na grande maioria das vezes é mais rentável e efetivo do que treinar alguém da equipe para isso."

Além de tudo isso, a vantagem é que o assunto é de grande aceitação pelo público, principalmente no Brasil, onde viajar é desejo de consumo da maioria da população.

O Next Porto Alegre tem o apoio do hotel anfitrião Intercity Aeroporto, patrocínio da Aeromexico, a GVA, representante de Ilhas Seychelles, Mônaco e Noruega no País, DCS Plus e Cep Transportes.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA