TECNOLOGIA

Viajala lança filtro que calcula aéreo com ou sem bagagens


Filip Calixto
Eduardo Martins, Josian Chevallier e Luísa Dalcin, do Viajala
Eduardo Martins, Josian Chevallier e Luísa Dalcin, do Viajala
O metabuscador Viajala acaba de lançar um novo filtro, que calcula o preço das passagens aéreas de acordo com a franquia de bagagens selecionada. O objetivo é facilitar a comparação de preços no cenário de mudanças nas companhias aéreas, incluindo a chegada de low costs ao País e fiscalização mais rígida nos aeroportos.

“Lançamos essa ferramenta também em outros países porque este assunto de bagagem é pertinente para todos os mercados, e cada um conta com características diferentes”, explica o diretor geral para o Brasil do Viajala, Eduardo Martins.

Caso a tarifa não tenha bagagem inclusa, a ferramenta simula quanto custaria adicionar uma. E se o viajante optar por visualizar somente as tarifas que incluem a bagagem despachada, poderão selecionar a opção “bagagem” na parte superior esquerda da tela. Essa opção filtra os resultados exibidos e mostra apenas o formato de voo que interessa ao usuário, já com os valores atualizados.

Divulgação
Novo filtro do Viajala
Novo filtro do Viajala
Por enquanto a ferramenta considera apenas a franquia de bagagem, mas o objetivo é torná-la cada vez mais completa, incluindo auxiliares como refeições a bordo, preço para marcação de assento e opções de entretenimento, por exemplo. Acima do preço do tíquete aparecem ícones, que sinalizam o número de bagagens inclusas.

NÚMEROS POSITIVOS
Há pouco mais de dois anos no Brasil, a empresa registrou 4,5 milhões de buscas em 2018, uma alta de 71% em relação ao ano anterior, e obteve 53% de crescimento na receita. Neste ano, a plataforma já soma mais de três milhões de buscas e a expectativa é crescer 90% até o fechamento de 2019.

“Temos um time de três pessoas no Brasil e a nossa estratégia é incorporar cada vez mais as características locais, pois cada produto da Viajala é diferente nos mercados em que a empresa atua. É importante destacar que não somos apenas uma ferramenta que compara preços, mas que também ajuda os usuários a conseguir ofertas”, explica o cofundador e vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios, Josian Chevallier.

PERFIL DO BRASILEIRO
Segundo o Viajala, a maioria dos usuários do Brasil utiliza a plataforma pelo mobile e reserva viagens mais longas, considerando as datas de ida e volta, em relação aos outros países da América Latina. Em média, são dez dias para viagens domésticas e 20 dias para viagens no Exterior. Há também maior planejamento no comparativo com outros países, já que as passagens para viagens nacionais são compradas com 63 dias de antecedência e para o Exterior são 100 dias, em média.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA