Marketing digital fortalece vendas de setor hoteleiro durante pandemia

|

O marketing digital vem ganhando, ano a ano, um papel cada vez mais relevante na vida das empresas. Dados da pesquisa da Ebit/ Nielsen, feita em parceria com a Elo, mostrou um aumento de 47% no primeiro semestre do ano passado no faturamento com vendas on-line. A tendência de alta, no entanto, foi impulsionada pela pandemia e beneficiou diversos setores da economia brasileira, sobretudo, o de Turismo, viagens e hotelaria.

As ferramentas tornaram-se aliadas de grandes redes hoteleiras, por exemplo, que apostaram no marketing digital para chegar ainda mais próxima do cliente. Daí a relevância de um hotel ou resort de ter como integrante do seu time uma agência responsável esse tipo trabalho, crucial para o atual momento da economia.
Divulgação
As ferramentas de marketing digital contribuíram para as redes hoteleiras se aproximarem ainda mais do cliente
As ferramentas de marketing digital contribuíram para as redes hoteleiras se aproximarem ainda mais do cliente
A Marketshape, consultoria em formato de ecossistema voltada para a transformação digital com foco em vendas e marketing, é a prova de que a parceira entre empreendimentos hoteleiros e agências especializadas em marketing digital vem sendo um caminho sem volta.

Shaper na empresa, Hamilton Mattos afirma que fazer investimentos em CRM, por exemplo, pode trazer bons resultados para os hotéis. Ele cita o case do Samoa Beach Resort, em Ipojuca (PE), e explica que uma das principais estratégias traçadas para o empreendimento, durante a pandemia, foi manter a comunicação ativa por meio das redes sociais e e-mail marketing.

“Isso facilitou tanto o enfrentamento no período mais crítico entre março a maio, quanto agilizou o processo de retomada nas vendas que aconteceu durante o mês de junho”, disse.

A estratégia da Marketshape também passou pela tarefa de identificar os públicos-alvo do resort, além de elaborar peças criativas, mídias de performance até a formação de audiência qualificada. Mattos revela ainda que, para colocar toda essa estratégia em pleno funcionamento, a agência utilizou as soluções de vendas diretas da Omnibees: Bee CRM, totalmente integrada ao site do Resort e o Bee Direct - Motor de Reservas.
Divulgação
Um exemplo de ferramenta de marketing digital é o Bee CRM da Omnibees que permite recuperar reservas abandonadas no carrinho de compras
Um exemplo de ferramenta de marketing digital é o Bee CRM da Omnibees que permite recuperar reservas abandonadas no carrinho de compras

A integração das ferramentas foi um ganho e tanto, capaz de colocar sob o mesmo guarda-chuva a automação de marketing, vendas e o CRM. “Isto facilita muito o dia a dia da operação, organizando todos os processos e campanhas promocionais. Outro benefício é a facilidade de uso pelas equipes de Conteúdo, Performance, CRM e Vendas. E o terceiro benefício é a possibilidade de realizarmos campanhas em múltiplos canais”.

“Com isso, conseguimos dar mais visibilidade ao Samoa Beach Resort, aumentar a captação de leads qualificados e melhorar consideravelmente a conversão de vendas pelo time de reservas”, afirmou.

Além desses benefícios, Mattos afirma que o uso do Bee CRM da Omnibees também permite a possibilidade de recuperação de reservas abandonadas no carrinho de compra do motor de reservas.

AUDIÊNCIA QUALIFICADA
A partir da formação das audiências, as campanhas ficaram mais assertivas e focadas para cada pessoa e região do Brasil. “Nos primeiros 90 dias de operação, mais do que triplicamos o volume de vendas direta do resort”, disse o especialista da Shapper.

Com isso, a Marketshape viu a oportunidade de reforçar os serviços de pré e pós-venda, oferecendo mais suporte à área comercial do resort e ampliando o relacionamento com os hóspedes.

MARKETING E CRM
O executivo da Marketshape explica que, pelo fato de o empreendimento já ter uma plataforma de relacionamento, facilitou o enfrentamento de diversos desafios de comunicação que surgiu durante o período mais crítico da pandemia.

Em 2020, o Samoa Beach Resort ficou exatos 100 dias sem receber os hóspedes. Período difícil para um ano que prometia ser promissor para o resort. Neste período, o empreendimento fez melhorias na infraestrutura e criou uma série de protocolos de segurança, já visando a retomada.

RETOMADA
E falando em retomada, o diretor-executivo do Samoa Beach Resort, Augusto Cavalcanti, afirma que investir na comunicação digital e em plataformas de reservas se mostrou ainda mais essencial neste período de pandemia.

“Ter um parceiro especializado em ferramentas e gestão de comunicação digital, facilitou bastante o relacionamento com nossos hóspedes e a nossa gestão comercial durante os momentos mais críticos da pandemia”, finalizou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA