Experiências a bordo são o "próximo grande passo" da MSC | Entretenimento | PANROTAS
ENTRETENIMENTO

Experiências a bordo são o "próximo grande passo" da MSC


Raphael Silva
Shows ao estilo Broadway encantam o públo durante as noites no MSC Seaview
Shows ao estilo Broadway encantam o públo durante as noites no MSC Seaview
RIO DE JANEIRO – A MSC Cruzeiros planeja investir mais de US$ 13 bilhões para entregar, em teoria, um novo navio por semestre até 2027. Ao todo, a frota da armadora de origens italianas somará 29 navios, mais do que dobrando a capacidade de hóspedes, mas o plano não se baseia apenas na oferta de cabines. O "próximo grande passo desse planejamento" de expansão, segundo o gerente de Marketing da armadora, Eduardo Simões, visa tornar única a experiência de quem opta pela MSC para realizar um cruzeiro, adicionando fatores de encantamento que vão desde shows ao melhor estilo Broadway às parcerias com chefs renomados para compor a gastronomia a bordo.

LEIA TAMBÉM: POR QUE O MSC SEAVIEW CHEGA PARA FAZER HISTÓRIA NO BRASIL?


Um exemplo desse novo investimento da armadora é o MSC Seaview, que chegou ao Brasil nesta semana para dar início à sua temporada de cruzeiros por aqui. O Teatro Odeon comporta mais de 930 espectadores e oferece sete espetáculos inéditos para os viajantes, o que, para Simões, reforça essa prioridade nos novos navios da empresa.

"Queremos que quem esteja a bordo tenha infinitas possibilidades de entretenimento, e este é o nosso próximo passo. Aqui, temos shows ao estilo Broadway, mas no Bellissima, por exemplo, temos um teatro todo construído para os shows do Cirque du Soleil", disse Simões. O Bellissima, inclusive, é o próximo grande lançamento da MSC, previsto para março.

Raphael Silva
Restaurante Teppanyaki é um verdadeiro show gastronômico que entretém e alimenta os hóspedes com as performances dos cozinheiros
Restaurante Teppanyaki é um verdadeiro show gastronômico que entretém e alimenta os hóspedes com as performances dos cozinheiros

A EVOLUÇÃO DA EXPERIÊNCIA GASTRONÔMICA

A gastronomia é outro ponto sempre muito destacado dentro dos navios da armadora. Já no Seaview, a novidade fica por conta das parcerias internacionais para levar a bordo quatro restaurantes assinados por chefs internacionais, sendo três deles pelo japonês Roy Yamaguchi e um pelo espanhol Ramon Freixa.

Tanto Freixa como Yamaguchi participaram intensamente do processo de criação dos restaurantes Ocean Cay e Asian Market, este composto por três diferentes áreas. Cardápios, espaços físicos e até a indicação de ingredientes – no caso do Asian Market, muitos dos peixes são adquiridos diretamente do Japão – foram minuciosamente trabalhados em conjunto com a equipe da MSC para que os hóspedes possam degustar de uma verdadeira cozinha estrelada.

"Sempre fomos reconhecidos pela gastronomia internacional, mas agora estamos trazendo uma nova experiência para os nossos hóspedes. Estas parcerias mostram o quanto damos valor à nossa identidade e como vamos em busca deste pioneirismo das experiências a bordo", concluiu Simões.

PRODUTO INÉDITO

Se os espetáculos, a gastronomia e toda a experiência a bordo entram para a lista de prioridades da MSC para encantar os clientes, outra novidade também está sendo preparada para "fazer as pessoas se emocionarem", segundo Eduardo Simões. A ilha privativa da MSC no Caribe, situada próxima às Bahamas, está prevista para ser inaugurada já em 2019, após passar por um longo processo de recuperação da natureza.

A equipe da MSC coloca o lançamento da ilha como um degrau que põe a armadora em um novo patamar, mas vai além das vendas. Isso porque a parceria de concessão da Ocean Cay MSC Marine Reserve partiu de um projeto de recuperação natural do local, garantindo o uso por cem anos. Segundo Simões, "o trabalho feito vai surpreender a todos".

O Portal PANROTAS viaja a convite da MSC Cruzeiros



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA