Aeroporto La Guardia (NY) inicia reforma de US$ 4 bi

|

A prometida renovação no aeroporto La Guardia, em Nova York, começou ontem (14) com presença do governador do Estado, Andew Cuomo, e do vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O projeto público-privado prevê investimentos de US$ 4 bilhões na revitalização do aeroporto, em uma grande obra que deverá durar cinco anos.

A longa duração se deve à dimensão do projeto, que prevê a completa reconstrução dos terminais A e B, que serão levados 600 metros perto da avenida Grand Central Parkway para dar maior espaço às manobras dos aviões. Estão planejadas ainda criação de um aeromóvel que ligará o aeroporto ao sistema de trens de Long Island e ao de balsas na região, e de uma infraestrutura para acomodar taxis aquáticos de alta velocidade. Um novo hall central que uma todas as áreas de trânsito de passageiros é outra parte do projeto
.
Ainda há a possibilidade de estender a reforma aos terminais C e D, controlados pela Delta Air Lines, mas isso depende de uma negociação entre a aérea e a Autoridade Portuária de New York e New Jersey. Com isso, o valor da obra completa pode chegar a US$ 7 bilhões.

IMPORTÂNCIA DO PROJETO
A revitalização do aeroporto é também uma forma de valorizar a região para seus moradores. Em 2014, Joe Biden disse que “se alguém fosse vendado e levado ao aeroporto La Guardia, a pessoa pensaria que estaria em ‘algum país de terceiro mundo’" ao chegar.

Além disso, há a própria importância para a economia norte-americana. Somente essa obra deverá gerar oito mil empregos em Nova York.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA